Curta e fique por dentro!

[Resenha] Half Wild.


Título original: Half Wild
Autor (a): Sally Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
ISBN: 9788580577464

Sinopse: Na Inglaterra, onde duas facções rivais de bruxos dividem espaço com os humanos, Nathan é considerado uma abominação. Além de ser um mestiço — filho de uma bruxa da Luz com um bruxo das Sombras —, seu pai, Marcus, é o bruxo mais cruel e poderoso que já existiu. Nesse mundo dividido entre mocinhos e vilões, não ter um lado é pecado. E Nathan não pode confiar em ninguém. Em Half Wild, após descobrir seu dom mágico, mesmo sem ainda conseguir controlá-lo, Nathan se une aos rebeldes da Luz e das Sombras de toda a Europa para derrubar Soul, líder tirânico do Conselho, e os caçadores, cujo domínio se espalhou para além da Inglaterra. O Conselho de bruxos da Luz continua em sua cola e não vai parar até ele ser capturado e obrigado a matar o próprio pai, cumprindo a profecia. Nathan vai precisar encontrar um modo de conviver com seu lado selvagem, descobrir quem são seus verdadeiros aliados e — principalmente — quem é seu verdadeiro amor. 

"Eu chorei. Chorei muito, Nathan. E tinha essa ideia de que encontraria seu corpo, abraçaria bem apertado e nunca mais largaria, nunca. Ficaria com você, passaria fome, mas pelo menos morreria abraçado a você. Eu achava que era tudo o que me restava."

No final do livro anterior, Nathan finalmente conseguiu escapar do conselho da Luz. No entanto, ele tem diversos caçadores na sua cola, só esperando que ele se distraia para pega-lo. Com a "ajuda" de seu pai, ele pode ter seu dom, mas ele ainda não descobriu se isto é bom ou ruim, pois acorda coberto de sangue e sem lembranças do que aconteceu.

Além disso, Nathan está preocupado com seu amigo Gabriel. Eles marcaram de se encontrar na caverna e já faz dias que Nathan espera, ele teme que Gabriel esteja morto, porém não quer pensar muito nisso. Caso esteja errado e for embora, pode nunca mais encontrar o amigo.

E é quando está prestes a ir embora, que ele esbarra em Nesbitt, um bruxo meio sangue, que se diz disposto a ajudá-lo. Por não ver necessidade de atacá-lo, Nathan escuta o que ele tem a dizer é se surpreende ao saber que ele lhe ajudou sem que soubesse.

Nesbitt lhe conta que Gabriel está vivo e que sua parceira, uma bruxa das Sombras poderosa, Van quer as cartas que pertenciam aos pais deles. Nathan não sabe que decisão tomar, mas se há a menor possibilidade de reencontrar o amigo, ele precisa arriscar, pois precisará de toda ajuda para salvar Annalise e ainda se manter vivo.

"Então tenho vontade de me virar para Nesbitt e gritar que dói, sim, que cada cicatriz doeu, e meu corpo está coberto de cicatrizes que curei depressa, mas todas doeram, e não sei de uma única que 'não causou nenhum dano'."

Há muito tempo que eu desejava fazer esta leitura, o final de Half Bad foi muito chocante e deu aos leitores muito do que imaginar sobre o futuro da história. Tive um pouco de dificuldade em recordar os mínimos detalhes, pois fazem dois anos que eu li o volume anterior, mas como disse no Instagram (@oculoselivros), a autora vai nos lembrando as coisas sem deixar a história chata.

Nathan está mais obscuro nesse livro. Ao receber seu dom, ele teve receio em aceitar seu lado animal, e isso fez com que ele não conseguisse se controlar quando a adrenalina da caça surgia. O fato de não conseguir lembrar do que fez na forma animal, o deixava muito confuso e um pouco solitário. Ele não queria ser assassino, mas era logo que não conseguia controlar.

Para deixar ainda mais interessante, Gabriel se declara apaixonado por Nathan e até rola uns beijos inocentes. Contudo, Nathan é apaixonado por Annalise e não consegue racionar direito.  Em Half Wild vai ser explorado um pouco da confusão em torno da descoberta da sexualidade que atinge alguns adolescentes.

Eu preciso falar de um personagem nesta resenha, Marcus. Passamos o tempo todo acreditando que Marcus odeia o filho e que não quer saber nada sobre ele. E aí descobrimos que ele não só se importa com o filho, como o ama. E é bem legal conhecer essa nova faceta do maior e mais perverso bruxo das Sombras. Ele passa de alguém detestável a alguém que foi incompreendido durante toda a vida. O relacionamento entre Marcus e Nathan não é como estamos acostumados a ver entre pai e filho, e esse novo contato foi necessário para que eles se conhecessem de verdade.

O livro conseguiu ser mais intenso e cheio de cenas de ação que o volume anterior. A narrativa se tornou mais dinâmica e consequentemente mais rápida de ser lida. Vários relacionamentos serão colocados à prova. Descobertas, segredos e mentiras permeiam a história. E a autora alcançou com perfeição deixar o leitor satisfeito e querendo mais desta história. Prepare-s para mergulhar num universo fantástico.


Beijos e até o próximo post!

20 comentários:

  1. Ola
    Confesso que nunca tive curiosidade em conhecer essa série, mas também não procurei nada a respeito. Gostei de ler suas impressões e fiquei curiosa quanto ao desenvolvimento. Na verdade essa sinopse me deixou intrigada, vou procurar saber mais sobre o enredo..
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Esse não é o tipo de livro que eu costumo ler, mas achei a premissa bem instigante, talvez eu até me arrisque na leitura caso algum dia eu tenha a oportunidade, só porque fiquei curiosa para saber o que será do jovem Nathan, não apenas na sua luta contra o conselho, mas principalmente nessa descoberta de si próprio.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá Thay,
    Sempre leio elogios para o primeiro volume dessa série, mas o segundo já dizem que é ruim :(
    Fiquei contente que você tenha curtido e que esse livro tenha sido ainda mais intenso que o primeiro.
    Infelizmente, não consigo sentir vontade de ler esses livros, sei lá, acho que a ideia não me atraí tanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, achei a capa linda. O fato de ter bruxos já me deixa com vontade de ler, adoro livros de fantasia e fiquei animada ao ver suas impressões. Nathan ser um personagem obscuro parece ser algo que eu gostaria e o fato de Marcus mostrar que ama o filho é bem bonito.
    Dica anotada.

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Eu fiquei com medo de ler spoilers, pois estou com o primeiro livro na estante a espera de ser lido (bad hald) se não me engano! Mas cara, eu não sabia que era uma saga! Li em partes e fiquei morrendo de vontade de pegar ele agora ♥

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro quando os volumes de uma serie avançam e conseguem prender ainda mais o leitor. Sem dúvida me interessei por esta serie aqui em função disso e quero conhecer o mais rápido possível para ter as mesmas impressões que você teve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu já ouvi falar desse livro, mas ainda não tive curiosidade de ler ou me informar mais sobre. Eu realmente não sabia que tinha uma saga, mais desatualizada que eu impossível haha. Eu já amei a história pelo simples fato de ser sobre bruxos, AMO! Fico um pouco perdidinha na resenha porque não li o primeiro livro e isso atrapalha um pouco no meu entendimento, mas ele realmente parece ser um livro intenso e com muitas cenas de ação. Um ponto que me deixou curiosa foi sobre "descoberta da sexualidade que atinge alguns adolescentes", bem intrigante isso haha. Enfim, a resenha está maravilhosa e esse livro realmente atrai a atenção. ♥
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia essa série até ler a sua resenha, me pareceu ser legal e que não precisa ler o primeiro livro para entender perfeitamente. Dá para pescar e nadar direito indo logo para esse. Se é de bruxa eu já fico mais atenta. É um livro, que depois do que você falou, merece ser lido. Obrigada.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu não conhecia essa história, mas eu amo fantasia e essa parece ser muito boa, eu gostaria de conhecer mais sobre o primeiro livro, mas já da pra sentir, na resenha desse, que a história é muito boa e tem uma ideia bem legal e diferente, eu pelo menos nunca li nada muito parecido. Eu vou anotar sua dica, fiquei muito curiosa e claro, vou procurar pela resenha do primeiro livro.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Lembro que eu acabei dando de cara com essa série em algum lugar um tempo atrás, eu fiquei bem interessada e se não me engano até tinha escrito na minha lista de leitura no computador (que eu acabei perdendo D: ), na hora que eu vi a capa eu já reconheci a série, embora não tenha lido ainda, estou bem ansiosa, ainda mais por saber um pouco mais sobre o que vem a seguir.
    Achei bem interessante o livro mostrar essa exploração na parte de sexualidade, porque eu acho que é algo que não se vê muito em muitos romances e etc.
    Espero que o ultimo seja tão bom quanto e espero poder ler em breve essa série :)
    Adorei o texto e obrigada por me lembrar dos livros haha
    Beijos~

    ResponderExcluir
  11. Oiee Thay ^^
    Menina, saber que esse livro foi ainda mais surpreendente e intenso que o anterior (que, pelo visto, você adorou) me deixou animadíssima. Sou doida para ler essa série, não vejo muita coisa a respeito dela, mas o que vi me deixou mega animada para ler. Acho a capa muito bonita, por sinal...haha'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  12. Oie,
    Li sua resenha por alto pois tenho interesse em começar essa série.
    Vi que você achou esse livro mais intenso, isso com certeza já é um alerta para quem não gostou do livro anterior e pensa até em desistir.
    Uma pena que não vejo tantos comentários sobre ela, parecer realmente incrível.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  13. Considero um ponto positivo esse livro ter mais ação do que o outro, afinal de contas, nos leitores esperamos que as continuações sejam sempre melhores né?
    Eu já conhecia esses livros, sempre vejo elogios, mas nunca senti vontade de ler por conta da temática, que foge muito do meu gosto :/

    ResponderExcluir
  14. Oie! Eu conhecia a série apenas pelas capas, mas não fazia ideia de sobre o que era. Não entendi muita coisa através da resenha porque não sei nada sobre o livro anterior, mas gostei de saber que esse foi ainda melhor que o primeiro. Também é legal saber que a autora trabalhou mais o relacionamento entre pai e filho e que eles passaram a se conhecer melhor. E, gente, que negócio é esse de ele acordar ensanguentado e não lembrar de nada? 'O' Fiquei curiosa!

    Beijos,
    Fernanda Goulart

    ResponderExcluir
  15. Olá! Tudo bem?

    Eu acho que essa saga parece ser realmente muito boa, mas, não é o gênero que eu curto, sabe? Isso de bruxos e tudo mais não me chama atenção, haha.

    Fico muito feliz que os livros não estejam te decepcionando e espero, de coração, que essa saga te ganhe!

    Beijos e até!

    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir
  16. Eu sou louca para ler essa série, mas nunca acho ninguém pra trocar os livros rsrsrs
    Adoro fantasia, e pelo jeito essa série é incrível nesse quisito. Como não li o volume anterior li só por cima de sua resenha com medo de levar spoilers, mas adorei saber que o livro é bem melhor que o primeiro e consegue surpreender positivamente o leitor.
    Espero que o próximo volume seja uma boa leitura pra voc~e também

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Essa série me parece ser bem interessante e fico feliz que esse volume tenha te agradado. É ótimo saber que, apesar de fazer tempo que você leu o livro anterior, a autora vai relembrando os fatos no decorrer da história. Bacana saber que a sexualidade dos adolescentes será bem explorada e que uma relação familiar ficará em evidência nessa história. Coloquei os livros na minha wishlist e espero gostar.


    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  18. Oi, Thaynne!
    Eu ainda não tinha parado para ler alguma resenha ou saber mais sobre esse livro. Confesso que não fiquei tão instigada pela premissa e nem fiquei curiosa para ler ao menos no momento. Mesmo assim não é o tipo de leitura que eu descartaria, mas como estou dando prioridade para livros bastante desejados essa leitura vai ficar para depois.

    Beijos,

    Rafa [blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa série e, apesar de estar evitando começar séries por já ter muitas para ler, fiquei curiosa. Primeiro, porque eu achei a premissa muito legal e parece ser uma leitura envolvente. Segundo que eu achei muito legal o segundo volume ser mais dinâmico que o primeiro, porque tenho visto acontecer exatamente o contrário com outras séries.
    Outra coisa que achei bom foi saber que a autora vai relembrando, aos poucos, coisas do livro anterior. Eu tenho uma memória péssima e sempre me esqueço de personagens ou acontecimentos de um livro para o outro, então, esse tipo de cuidado da autora facilita muito a minha vida haha.
    Adorei sua resenha e já anotei a dica. Quero muito ler essa série!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Eu nunca tinha ouvido falar muito sobre a série, mas acredito que eu iria gostar pois gosto de fantasia e essa coisa de bruxos. Vou colocar na listinha hehehe. Muito boa a resenha.

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo