Curta e fique por dentro!

[Resenha] Princesa de Papel.


Título original: Paper Princess
Autor (a): Erin Watt
Editora: Essência
Ano: 2017
ISBN: 9788542208870

Sinopse: O primeiro livro da série The Royals, a nova sensação new adult dos EUA. Ella Harper é uma sobrevivente. Nunca conheceu o pai e passou a vida mudando de cidade em cidade com a mãe, uma mulher instável e problemática, acreditando que em algum momento as duas conseguiriam sair do sufoco. Mas agora a mãe morreu, e Ella está sozinha. É quando aparece Callum Royal, amigo do pai, que promete tirá-la da pobreza. A oferta parece tentadora: uma boa mesada, uma promessa de herança, uma nova vida na mansão dos Royal, onde passará a conviver com os cinco filhos de Callum. Ao chegar ao novo lar, Ella descobre que cada garoto Royal é mais atraente que o outro – e que todos a odeiam com todas as forças. Especialmente Reed, o mais sedutor, e também aquele capaz de baixar na escola o “decreto Royal” – basta uma palavra dele e a vida social da garota estará estilhaçada pelos próximos anos. Reed não a quer ali. Ele diz que ela não pertence ao mundo dos Royal. E ele pode estar certo.

"Acostume-se a fofoca, querida. Acostume-se a andar em um quarto e ter todos a sussurrar que você não pertence ali. Se acostume com isso, mas não deixe que esses sussurros a derrotem. Revide quando eles atacarem você. Não seja fraca."

Ella Harper estava morando na cidade de Kikword, quando foi encontrada por Callum Royal. Ella trabalhava como stripper para sobreviver, mesmo tendo apenas dezessete anos, sua mãe faleceu de câncer e ela nunca conheceu seu pai, tudo o que sabia sobre ele era que se chamava Steve e que lhe deixou um relógio. Callum diz ser seu tutor, que antes de Steve morrer, ele descobriu da existência de Ella e queria muito encontrá-la.

Ella não acredita em nada do que Callum diz, principalmente quando ele tenta levá-la para morar com ele. Ela procura meios pra fugir, mas não consegue executar a ação. Callum, então lhe propõe dez mil dólares por mês + faculdade paga, caso ela vá morar com ele. Ella desconfia das intenções de Callum a princípio, porém, sempre foi seu sonho fazer faculdade e mudar de vida. Sendo assim, ela aceita.

Mesmo com o sobrenome e do ar de riqueza em torno de Callum, Ella se surpreende ao chegar na mansão, onde ele mora junto com seus cinco filhos. A convivência com os meninos Royals não será nenhum pouco fácil, ainda mais que eles suspeitam que há algo mais rolando entre Callum e Ella, eles farão de tudo para mantê-la afastada do pai deles é dificultaram bastante a vida dela. Ella começa a pensar sobre se vale mesmo a pena o esforço, ao analisar tudo pelo que já passou, ela resolve não se intimidar com diante de garotos mimados.

"Olha, eu gosto de você. Não achei que eu fosse, mas eu faço, e porque eu gosto de você, eu sinto a necessidade de avisá-la que nós Royals somos muito fodidos. Nós somos bons na cama, mas fora dela? Nós somos como um estágio quatro de furacão."

Não sei o que me atraiu nesse livro, não tinha lido a sinopse e mesmo a capa sendo bonita, não é nada demais. Contudo, desde que soube desse lançamento, o desejei. Eu pretendia pelo carnaval, mas acabei não tendo tempo, e agora posso finalmente dizer que li esse livro maravilhoso.

Devo dizer que tenho uma grande admiração por Ella. Ela é decidida, determinada, inteligente e persistente. Passou por situações bem complicadas na vida e tão nova, contudo não deixou de ter uma visão positiva e otimista das coisas. Não se deixa abater pelo medo e nem recua em suas decisões. Foi uma personagem por quem eu torci logo de cara, me apeguei muito a ela e torci para que tivesse seu final feliz.

Os meninos Royals são uma mistura de detestáveis com cativantes. Por sempre terem vivido no luxo, eles se acham muito importantes. E no começo da leitura não consegui gostar de nenhum, na verdade eu odiava o Easton. No decorrer da história, ele acabou se tornando um dos meus personagens favoritos. 

Callum Royal, o chefe da família, é um enigma para mim. Com Ella passa uma imagem, já seus próprios filhos tem uma imagem bem diferente dele, o que me faz questionar quem é o verdadeiro Callum. Brooke, sua namorada, também é alguém que me deixa de orelha em pé, pois algumas de suas atitudes beira a crueldade, e ele (tenta) se fazer de prestativa e amiga.

A parte romântica, como era de se esperar de um autêntico YA — apesar de a série ser vendida como um new adult 🙄 — é cheia de dramas e reviravoltas. Isso pode incomodar algumas pessoas, mas não a mim, eu acho que isso torna a leitura mais instigante. E além disso, é bem realista, pois se formos reparar em relacionamentos adolescentes é disso a pior hahaha. Quem nunca teve um relacionamento iô-iô?

Gente, meu deus, que final foi aquele? Estou até agora pensando e morrendo de raiva dele. Tentando entender onde tudo deu errado e o porquê de aquilo acontecer. Preciso da continuação pra ontem, pois não paro de pensar nisso, querendo saber o que a Ella vai fazer, como o Callum vai reagir e os meninos Royals o que irão resolver. É muito ruim não poder falar abertamente sobre isso aqui na resenha, mas se você já leu Princesa de Papel (e gostou, claro haha) vem conversar comigo logo.

Por conta do título, eu esperava uma coisa mais conto de fadas, ao me deparar com a vida de Ella e ela se adaptando ao mundo dos Royals, eu acabei gostando porque junta o conto de fadas + mundo real. E é bem legal observar esses dois universos coexistindo juntos.


Beijos e até o próximo post!

14 comentários:

  1. Oiii Thay, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, por isso fiquei feliz de ler a sua resenha que ficou incrível menina e espero que essa série seja um sucesso mesmo!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem, Eu já ouvi um monte de coisas sobre esse livro que conseguiram me deixar curiosas a fazer a leitura e descobrir o meu ponto de vista da história, por isso solicitei e estou só esperando chegar pra ler também.
    Amei a tua resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Esse é um livro que prefiro manter distância, nada nele parece ser algo que procuro em um livro, então melhor não passar nervoso.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Fiquei bem confusa a respeito deste livro. Primeiro pensei que ele fosse mais romântico, depois li críticas que reclamavam do relacionamento abusivo. Confesso que já estive mais animada para ler, agora vou pesquisar mais. Obrigada por compartilhar sua opinião. Vai me fazer pensar. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Relacionamento io io... Amei esse termo que tu usou pra definir as idas e vindas... Acho que o livro parece ser interessante. Vou anotar a dica!
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Thay
    Já eu achei esses Royals mais detestáveis do que cativantes kkk São uns babacas! Mas não odiei a leitura, achei um livro mediano.
    E realmente eu surtei também com aquele final, quero ler logo o próximo rs



    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thay! Adorei a sua resenha e já adicionei na minha lista de desejados haha. Que livro incrível e parece ser super envolvente, gostei da Ella, ela parece ser uma personagem realmente forte ainda mais na situação em que ela está. Espero que dê tudo certo para ela no final. E pelo que você contou na resenha, a autora irá surpreender, o que me deixou mais ansiosa ainda para ler haha. Bjss!

    ResponderExcluir
  8. Heiii, tudo bem?
    Estou louca pra ler esse livro, para começar me apaixonei pela capa e a hsitoria tb me deixou bem curiosa!
    Adorei o que falou sobre o livro, me despertou mto interesse em ler logo.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  9. Olá linda,

    Pelo nome e capa nunca imaginaria ser assim mais hot hahaha, mas adorei saber que é assim mais profundo e com drama, porque amo livros com dramas fortes e personagens escrotos kkk

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thay!
    Desde que vi a capa eu me encantei por esse livro, queria muito ele. No entanto, uma resenha me fez mudar de ideia em relação a essa obra. Devido a alguns relatos abusivos, principalmente os que aconteciam por Red - par romântico dela.
    Sei lá, sabe? Eu ainda fico muito em dúvida em relação a essa leitura, mas isso não significa que não gostei de sua resenha <3

    ResponderExcluir
  11. Oooi!!

    Eu não conhecia essa obra a fundo, apenas de capa e fiquei feliz em ver uma resenha sobre a obra.
    Não imaginava o drama envolvido no enredo e fiquei curiosa em relação a forma como foi inserido na história.
    Gostei da sua resenha!

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  12. Oi Thay,
    Referente a esse livro aconteceu a mesma coisa comigo. Desde q primeira vez que bati o olho nesse livro quis saber mais sobre a história. Já li algumas resenhas e por enquanto continuo bem animada. Espero gostar da leitura.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Olá Thay,
    Estou louca de curiosidade para ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade. Gostei de conhecer suas impressões e achei um ponto mega positivo ser um livro conto de fadas e realidade. Fiquei bem intrigada para saber o que acontece e com a impressão que vou gostar muito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Pela capa, eu diria que é de época, mas lendo sua resenha, percebo que não é assim. De todos modos, não pretendo ler no momento porque não quero começar novas séries. Quem sabe quando os demais forem lançados, eu arrisque a leitura...

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo