Curta e fique por dentro!

[Resenha] A primeira chance.


Título original: Take a Chance
Autor (a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
ISBN: 9788580414592

Sinopse: Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan. Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan. Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la.


"Nan nunca o conquistara. Não completamente. Mas tocara num lugar que mais ninguém havia alcançado. Ela precisara de mim. Nunca ninguém tinha precisado de mim antes. Isso tinha me feito baixar a guarda."

Harlow é a filha favorita de Kiro Manning, integrante da banda Slacker Demon, e isso nunca foi um problema até Nan descobrir que também era filha do roqueiro. Harlow é obrigada a morar na mesma casa que Nan, enquanto o pai está em turnê. Tentando evitar a víbora da Nan, ela começa a frequentar o clube.

Além disso, Harlow tem que lidar com o fato de ter que conviver novamente com Grant Carter, já que pelo o que parece, ele quebrou a promessas que fez a ela e voltou a sair com Nan, deixando Harlow arrasada por ter confiado nele de novo.

Grant não acredita que está tão perto de Harlow e ao mesmo tempo tão distante. Ele quer se explicar, não, ele precisa se explicar, mas ela não atende ao telefone e foge dele como o diabo da cruz. Ao ter que lidar com o quão efêmera a vida pode ser e ao vê o quanto é doloroso perder alguém que ama, ele acabou se amedrontando e por isso fugiu de Harlow. Grant procura se aconselhar com Rush sobre o que seria o correto a se fazer.

Uma situação complicada colocará Grant e Harlow no mesmo lugar, sem ter para onde fugir, tendo como companhia apenas um Mase adormecido, eles ficam sozinho. Será que eles vão finalmente se acertar ou encontraram mais um motivo para brigar?

"Não podia pensar nisso. Só me deixava pior. Eu era uma sobrevivente e não deveria dar importância a pessoas que não valiam a pena. Ter piedade de mim mesma nunca me levou a lugar nenhum. Não foi culpa minha. Onde quer que eu estivesse, independentemente da situação, eu sobrevivia. Era boa nisso."

Tenho uma relação cheia de altos e baixos com o modo como a Abbi desenvolve suas histórias. Porém, estava bastante curiosa sobre a continuação da série Rosemary Beach, e Grant sempre foi meu personagem favorito e mesmo Harlow sendo "novata", eu queria saber como seria esse relacionamento. Devo dizer que não me arrependi de ter feito essa leitura.

Harlow apesar de conviver com a fama, o dinheiro e portas se abrindo facilmente, não é uma pessoa deslumbrada ou fútil. Acredito que por não ter vivido ativamente nisso, pois sua avó cuidou para que não fosse assim. Harlow é bem calma, um pouco ingênua e insegura. Mesmo não morando com o pai, muitos sabiam quem ele era, e a usavam como um meio para a banda do pai e o próprio, então para ela era difícil confiar em alguém. E ao ter sua confiança destruída por Grant, ela tentou se manter mais afastada que conseguiu dele. No entanto, a paixão que sentia por ele a impedia de ser indiferente.

Gosto do Grant de graca e o defenderei sempre hahaha. Ele tem um passado bem confuso e que moldou o que ele é hoje, ainda não sabemos a fundo do que realmente se trata e espero descobri em breve. Grant tem um certo receio em se relacionar sério com outra pessoa, e isso se dá porque, quando ele achou que tinha encontrado a pessoa certa, ela partiu seu coração e perda de uma pessoa muito próxima a ele só intensificou esse medo.

O romance e o drama tem uma boa dosagem no livro. Não ficou demais nem de menos, ficou na medida exata para que funcionasse. Eu achei o romance bem real sabe, com todas aquelas inseguranças que presenciamos ou que já experimentamos na pele ao nos apaixonarmos por alguém. Harlow e Grant já tinham tentado algo antes. O medo dele de perder alguém + o medo dela em confiar os fará viverem numa montanha-russa de sentimentos. A Abbi criou o casal tão perfeitamente comentados que nós suspiramos e torcemos para que eles fiquem juntos.

Uma leitura muito verdadeira sobre os sentimentos, sejam eles bons ou ruins. Uma narrativa fluída com uma escrita mais levinha. Personagens que nos cativa, que nos faz querer acompanhá-los e que são humanos, que erram, que amam e se doam. Um amor muito bonito  que enfrentará alguns obstáculos, mas que nos mostrará o quanto o amor nos traz dor, porém conforto e alegrias também. A primeira chance me fisgou do início ao fim.


Beijos e até o próximo post! 

14 comentários:

  1. Oii Thay, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse o quanto gostaria, mas fico feliz que tenha trazido a resenha para nós, as suas fotos ficaram lindas também.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Eu gosto muito da série #RosemaryBeach, e aos poucos eu estou completando na minha estante.
    Ainda não li, mas estou bem ansiosa!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thayenne!
    Estou bem atrasada com essa série. Gosto dos livros da autora justamente por ela trazer livros leves, mas com aquele drama gostoso de ler.
    Curiosa para ler esse livro do Grant. No início ele foi um personagem nada agradável. rsrs...
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Thay!
    Nunca li nada da Abbi. As capas dela meio que não me chamam atenção sabe?
    No entanto, o enredo do livro pareceu interessante. Gostei bastante de saber que Harlow não é deslumbrada pela fama. Se fosse, já ia de pronto achar ela uma personagem fútil e chata, hahaha
    No mais, acho que gostei do que li. Vai que dou uma chance esses dias?
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Oiee Thay ^^
    Eu só li os três primeiros livros da série da Abbi, mas sou doida para pular logo para os livros da Harlow e do Grant, pois são os mais elogiados...haha' saber que a autora soube dosar romance e drama de forma a ficar realista me deixou animada. Fico feliz que o livro tenha te fisgado :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei! inclusive, eu gosto bastante da narrativa da autora, pois me conquista desde o primeiro instante. E cada livro dessa série me deixa viciada.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thay
    Todos falam o mesmo da autora, que ela consegue equilibrar tudo. É ruim quando o drama é demais, ou o romance demais. Gostei de saber que além disso trata bastante de sentimentos. Tenho alguns livros da autora em casa, mas até hoje não li. Acho que desse ano não passa. Ótima dica.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Oie! Confesso que li o primeiro livro desta série e não fiquei empolgada. Vi comentários positivos sobre outros livros, mas ainda não animei. Minha mãe leu os dois últimos e adorou. Quem sabe algum dia eu dê uma chance? Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Nunca li nada da Abbi, tenho muita curiosidade, sua resenha me deixou ainda mais animada, a premissa me agradou, o livro tendo uma leitura leve com romance na medida certa só me deixa ainda mais feliz e curiosa para conferir a leitura. Acho que vou curtir.
    Adorei os quotes que você escolheu e a resenha ficou ótima.

    ResponderExcluir
  10. Olá Thay,
    Adorei conhecer suas impressões sobre esse livro e fiquei com vontade de ler o livro, pois tenho a mesma relação que você com a autora, mas esse livro parece ser bem dosado e trabalhado e gostei disso.
    Achei bem bacana o livro ser verdadeiro e vou super anotar a dica.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  11. Oiee, eu larguei a serie nesse casal, nao consegui gostar da escrita da autora e seu linguajar chulo, infelizmente não foi para mim..

    http://www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  12. OIe,
    Já ouvi falar muito bem dos livros da autora, mas nunca li nenhum livro dela. Gostei bastante da sua resenha e pude perceber o quanto você gostou da leitura. Eu acho que não leria pois o gênero não faz muito o meu estilo. Apesar disso admiro a história e a escrita do livro.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Nossa só tenho altas expectativas para realizar a leitura dos livros da Abbi. Confesso que a série ser enorme sempre me afastou de querer lê-la, mas com a vinda dela para a Bienal fiquei mais animada. Gostei de ver os pontos positivos, e seu apego pelo personagem haha Dica anotada <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi! Esse tipo de livro não me chama muito a atenção e parece que eu tenho uma coisa meio estranha com a Abbi kkkk nunca tenho vontade de ler algo dela, mas fico feliz que tenha curtido, foi uma ótima resenha :D

    bjs

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo