Curta e fique por dentro!

[Resenha] O Destruidor de Corações.


Título original: Worth The Fight
Autor (a): Vi Keeland
Editora: Charme
Ano: 2014
ISBN: 9788568056035

Sinopse: Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo. Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata... e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle. Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda... para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.

"A maioria das pessoas acha que ter uma memória fotográfica é uma bênção, mas no meu caso é uma maldição. Sim, eu lembro de muitas imagens e expressões, mas também me lembro de todas as coisas ruins que eu prefiro esquecer."

Elle sempre se manteve afastada de sentimentos. Decidiu focar no presente e futuro, e deixar no passado tudo aquilo que não queria reviver. Mas, tem coisas que dia impossíveis de se esquecer e insistem em voltar à tona. Elle conseguiu ser bem sucedida em sua profissão — advogada — e trabalha numa empresa pequena, porém tem tudo que imaginou alcançar.

Desde que conheceu William Harper na faculdade, acho que ele seria seu par ideal. William era simples e não fazia muito alarde sobre as coisas, além de respeitar e não ficar questionado-a. Eles não es namorados de fato, estavam mais para amigos com benefícios, no entanto Elle sabia que se quisesse poderia mudar isso. 

William também é advogado e precisou que Elle desse uma olhada e o ajudasse no caso que estava trabalhando. Ao conhecer o cliente, Elle caiu de desejo por Nico Hunter. Além de lindo, ele despertava nela algo que nenhum outro jamais fez e deixava seus sentimentos totalmente fora de controle.

De cara, Nico percebe o quanto afeta Elle, só que ele é possessivo e não curte dividir o que considera como seu. Sendo assim, ele deixa bem claro o que deseja de Elle, cabe a ela agora julgar o que lhe seria melhor. Será que ela escolherá o compreensivo e doce William ou ficará com o ardente é apaixonante Nico?

"Por uma fração de segundo, vejo algo em seus olhos que não consigo identificar, mas me aquece em todo lugar. Como se envolta em um cobertor quente quando está com frio, trazendo-me conforto e calor, e eu só quero rastejar para debaixo e ficar lá"

Quando eu ainda usava snapchat, vi alguém indicando esse livro e por gostar de livros sobre pugilistas, anotei a dica na hora. Não li nada sobre o livro antes de lê-lo e por isso não sabia o que encontraria na história. Ainda não consegui defini o que realmente achei desta leitura.

Elle tem um passado bem complicado e barra pesada. Esqueça esses draminhas bobinhos que vemos por aí, o que teremos aqui é uma mulher danificando que tenta a todo custo não deixar que o passado a defina, mesmo ele sempre aparecendo para dar um olá. Mesmo querendo se manter longe de emoções, Elle acaba conhecendo Nico, que anos trás, antes mesmo de se conhecerem, despertou nela um sentimento tão profundo e de uma enorme empatia. Elle se vê muito dividida entre se jogar de cabeça ou se afastar e permanece em sua zona de conforto.

Nico é muito intenso em tudo o que faz. Ele é lutador de MMA e por uma fatalidade se manteve longe do tatame por anos, mas isso não o impediu de continuar treinando. Nico é muito família, e é legal acompanhar seu relacionamento com seus familiares. Nico também tem um passado, mas ao contrário de Elle que optou por deixar de lado, Nico não consegue esquecer, tornando-o alguém muito introspectivo.

No começo, eu curtir bastante o romance, até fiquei torcendo pelo Nico. Porém do meio da história para o final, achei tudo muito morno. O Nico se fechava e não deixava a Elle ajudá-lo, muitas vezes abandonando-a sem lhe explicar nada e sem dar notícias por dias. Eu não gostei nem um pouco disso, se fosse meu boy eu já teria o largado há muito tempo, e isso acabou não me fazendo gostar tanto assim da leitura.

Apesar disso, a história no geral é boa. Tem uma narrativa fluída e envolvente. Personagens bem desenvolvidos, e a autora explorou bastante a questão da culpa, já que ambos os protagonistas carregavam bastante desse sentimento. As cenas quentes não são vulgares ou pesadas demais, é tudo muito romântico e sensual. Como eu disse, não sei bem se amei ou não, mas recomendo a história para quem gosta de livros com uma carga dramática mais pesada e para quem gosta de romance.


Beijos e te o próximo post!

14 comentários:

  1. Oiii lindinha, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, mas fico feliz que tenha gostado dessa obra e trazido a resenha ao blog, pois ficou ótima.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi, Thayenne!
    Li o terceiro dessa série, o livro "O Sedutor". Amei!! E estou louca para ler esses outros. Uma pena o livro ter começado tão bom e depois ter desandado um pouco. Ainda assim quero ler. Quem sabe eu possa gostar??? o/
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá Thayenne, tudo bem?

    Eu cheguei a ler os dois primeiros volumes da trilogia e amei demais. Só não tive a oportunidade de encerrá-la pois estou sem money no momento, mas vale muitíssimo a pena. É romance na medida certa. Erotismo dosado. Muita sensualidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem!?!?! Sou a pessoa mais suspeita para falar dessa série!!! Eu amo a Vi Keeland, e essa série é sensacional. O Nico é intenso e fofo ao mesmo tempo e é impossível não se apaixonar por sua intensidade.
    Espero que você leia os outros livro para se apaixonar por Vince e Jax <3
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. OOi!
    Achei esse nome bem engraçado. kkkkkk Parece nome de música de forro. Acho que até existe mesmo.
    Não conhecia o livro, mas premissa chamou minha atenção, assim como esse Nico, que, realmente, parece ser bemm intenso. haha
    Dica anotada!

    ResponderExcluir
  6. Ah menina... eu tenho esse livro na estante há alguns anos já e essa é a primeira resenha que me deu uma desanimada ao saber que o cara faz umas coisas bem babacas, já me tirou um pouco as expectativas que tinha sobre ele... que pena que o livro não foi tão bom quanto imaginou... espero poder ler em breve e ver o que vou achar dele também.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  7. Thay,

    Tudo bem? Eu não gosto muito desse estilo de leitura, mas que legal que muita gente gosta, tem espaço para todos os gostos na literatura e isso é muito bom. Obrigada pela dica! Abração,
    Drica.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Este livro não é muito meu estilo. E o que não me empolgou foi o que você disse sobre ter ficado meio morno na reta final, por conta da teimosia do protagonista. Vou pesquisar e pensar mais. Obrigada pela dica! Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Não conhecia a obra, confesso que não me chamou muito a atenção. Uma coisa que odeiooo são finais mornos e como não entendo muito de MMA.... vou passar a dica.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ainda não conhecia esse título, mas tinha ficado animada para ler até você ter dito que o livro tornou-se morno após alguns acontecimentos. Essas novas atitudes do personagem me irritaram um pouco e, por conta disso, não vou nem tentar ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Thay
    Gosto de livros eróticos com bastante drama, então acho que gostaria do livro. E gosto também quando as cenas sensuais são mais românticas do que vulgares. Mesmo com sua ressalva sobre o personagem, leria se tivesse oportunidade.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  12. Heiii, tudo bem?
    Amoooo livros com lutadores, vampiros e roqueiros, se tem um dos 3 eu ja quero ler, hahaha.
    Acho tão lindas as capas dos livros da Vi Keeland, já comprei fora de ordem por causa de promoção, mas pretendo ler o quanto antes.
    Uma pena que tenha achado morno, mas no final deu tudo certo e gostou no geral e fico animada ler logo, pq quero conhecer todos esses personagens.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa e romance parece ser bem envolvente. Excelente resenha.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  14. Oiee Thay ^^
    Affs, eu odeio quando o personagem bad boy fica de frescura, maltrata a mocinha (trouxa, porque né) e depois fica pedindo pra voltar, implorando e etc. Affs kkkk' já li tanta coisa assim, e antes eu até gostava, mas, novamente, li TANTOS livros com essa fórmula, que não consigo nem me imaginar lendo mais um. Não leria esse livro :/
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo