Curta e fique por dentro!

[Resenha] Nunca Jamais parte 1.


Título original: Never, never
Autor (a): Colleen Hoover e Taryn Fisher
Editora: Galera Record
Ano: 2016
ISBN: 9788501106216

Sinopse: Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.

"Tudo nela é cativante, como a consequência de uma tempestade. As pessoas não encontram prazer na destruição, mas queremos olhar de todas as formas."

Charlie despertou na escola no meio das aulas sem saber quem era e onde estava, após tentar descobrir se estava com algo no bolso que pudesse lhe dizer algo, ela descobre seu nome e sua idade. Uma pessoa que ela não reconhece a chama e a leva até a aula seguinte, e tudo o que Charlie faz é rir e assentir em determinados momentos.

Na hora do almoço, a garota que se diz sua amiga a leva até uma mesa lotada, lá ela encontra Silas, seu suposto namorado, e todos os seus outros amigos notam a distância que há entre eles e para disfarçar eles conversam. E é aí que Charlie nota que o Silas está esquisito. E, quando ele sai de repente no meio da aula, ela o segue e o confronta, e aí tem certeza que ele perdeu a memória também.

Juntos, eles vão em busca de algo que os faça lembrar quem eram ou o que lhes deixou naquela condição. Só que quanto mais eles descobrem algo, mais dúvidas surgem. Será que eles conseguiram descobrir o que lhes causou amnésia?

"Ela está perdida em pensamentos.Eu estou perdido nela."

Ao fazer esta resenha optei por não dar muitas informações sobre a história, pois o legal do livro é ir descobrindo junto com os personagens. O leitor nota quanto os sentimentos deles espelham os nossos a cada nova descoberta.

Demorei para terminar esse livro porque estava atolada de coisas de fim de ano para resolver, mas, se fosse numa época diferente, eu teria lido em no máximo em dois dias, pois a história é tão envolvente que tudo o que o leitor quer é ler mais, tanto é que perdi a minha parada e tive que fazer um enorme retorno de ônibus para chegar em casa hahahaha (agora, eu rio, porém na hora senti muita raiva).

Charlie e Silas são personagens complexos e isso os torna muito interessantes, porque ao não lembrarem de nada, eles acabam agindo naturalmente e assim revelando uma imagem deles que os outros personagens não estão acostumados a verem.

O modo como se relacionam é confuso e ao mesmo tempo interessante, apesar de se conhecerem há anos, eles não se conhecem mesmo, já que perderam a memória. E a toda hora um deles se vê pisando em casca de ovos perto do outro. O Charlie aparentava ser o mais apaixonado e dedicado ao namoro dos dois, mas ao saber de um outro relacionamento dele, tudo o que eu achava que sabia sobre ele ruiu por terra.

Uma leitura incrível que te deixa na ânsia por mais, recheada de mistérios que fazem o leitor pensarem em umas mil possibilidades, com muitos esqueletos no armário e muitas mentiras a serem descobertas. Mas, ao mesmo tempo é envolvente, um tantinho divertida e viciante. É impossível dizer onde uma autora terminar de escrever e a outra começa, achei a escrita delas muito completa, é como se elas tivessem o mesmo pensamento e a mesma forma de pensar, eu adorei!

"Eu não posso me lembrar de nada sobre ela, mas eu apostaria que seu sorriso era a minha parte favorita dela."

Beijos e até o próximo post!

15 comentários:

  1. Oi Thayenne!
    Nunca fui com a cara dos livros da Coleen, mas esse me interessou.
    Achei curioso o casal aparecer sem memórias no meio da aula, e quero muito saber o que aconteceu com eles.
    Ponto positivo, os personagens são complexos e eu adoro isso.
    E só pra apontar uma curiosidade: a fotografia da capa é da mesma fotógrafa da capa do meu livro "O demônio no campanário". :P
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Colleen não me atrai. Tarryn eu adoro, leio várias das escritas dela, mas a Colleen não me pega, acho o estilo dela meio chata, repetitiva.

    Mesmo você tendo gostado do livro e sua resenha ter ficado uma graça dessa vez vou deixar passar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Já comecei essa leitura e confesso que não consegui prosseguir, simplesmente os personagens não me agradaram e esse foi o único livro da Colleen que não consegui dar prosseguimento, embora tenha vontade de tentar novamente.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  4. Confesso que de início eu vi mais Tarryn do que CoHo nesse livro, até se aproximar do final, até eles de fato conversarem e de fato abrirem aquele porta luvas do carro, naquele momento eu vi Colleen Hoover em toda sua glória nos deixando loucassssss pela segunda parte que ainda nem saiu... Mas o que fazer... amamos essa mulher... Estou alucinada esperando a segunda parte
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Eu assisti alguns vídeos do youtube falando muito bem desse livro, o que você veio confirmar na sua resenha. Ainda não o adquiri, mas está nas listas dos desejados. Muito boa a sua resenha. Obrigada pela dica. Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Fiz a leitura das duas primeiras partes e estou mega intrigada para ler a terceira e saber como será o desfecho dos personagens e porque tudo isso acontece dom Charlie e Silas, afinal tudo é muito estranho e a autora não deixa nenhuma dica dos motivos para perderem a memória desse jeito após ciclos de tempos.
    Adorei saber suas impressões e concordo que o legal mesmo e ir descobrindo tudo com os personagens.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  7. Olá! Nunca li nada das duas autoras, acredita? Acho que vou esperar sair a série completa e, enquanto isso, me informo melhor! Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Estou surtando para ler a continuação, realmente o livro é mega envolvente, vamos cada vez mais envolvidos com os personagens e com esse mistério né. ótima resenha flor, adorei os quote que vc escolheu.

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falarem muito bem da autora, mas ainda não li nada dela, acho que esta obra seria um bom começo pois gostei bastante da premissa e do fato der ter personagens complexos.

    ResponderExcluir
  10. Eu vi essa capa e logo de cara me apaixonei por ela, mas fiquei meio assim de ler, sabe? Porque como não vi a sinopse antes, não fazia ideia do que se tratava. Mas cara, AGORA EU QUERO MAIS QUE NUNCA. Fiquei curiosa pra saber o porque de terem perdido a memória e porque os dois. Valeu pena resenha, fez eu me decidir - finalmente, kk.

    ResponderExcluir
  11. Oi Thayenne.
    O livro começar com os personagens principais sem memória, faz com o que leitor queira descobrir o quanto antes a verdade sobre o que aconteceu. Você fez bem ao optar por não falar muito livro, assim o suspense continua.
    Fiquei com a sensação de que é um livro que vou gostar bastante.
    Abraços.
    Blog Impressões de Maria

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!

    Toda vez que vejo uma obra escrita em parceria eu sempre ifco um pouco em duvida se elas souberam ou dão dosar a escrita e pelo o que eu pude perceber, fizeram isso! O que é ótimo!
    Mas ainda fico com pé atras por ser um livro tão curto e precisar de continuação!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Sou suspeita para comentar, pois amo a escrita da autora, o que me chama mais atenção é justamente o fato de serem tão amigos, repletos de afinidades, hoje serem desconhecidos devido a perda de memória de ambos, enredo criado com maestria. Por se tratar de vários livros, vou aguardar lançar todos para ler. ótima resenha. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  14. Olá Thay, tudo bem?

    Eu amei esse livro e devorei em apenas um dia, a leitura envolvente e o mistério me deixaram alucinada para descobrir o que aconteceu com os personagens e o final me deixou ainda mais curiosa. Não vejo a hora de ler o próximo volume. Adorei sua resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Não li ainda nada da autora mas morro de vontade pois falam muito bem do trabalho dela, mas apesar de ter adorado a premissa desse livro não sei se o escolheria pra conhecer o trabalho dela, por ser uma história dividida em três livros. Eu ficaria ansiosa esperando o lançamento das demais partes haha. Mas a trama parece ser muito boa e instigante e ja fiquei curiosa pra saber porquê os protagonistas perderam a memória.
    Beijos!

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo