Curta e fique por dentro!

[Resenha] Felicidade Invisível.


Autor (a): Larissa Azevedo
Editora: Amazon
Ano: 2016
ISBN: B01NH04XFR

Sinopse: Maeve MacCleury é a filha caçula de Brendon e Caylie MacCleury. Descendente de uma gigantesca e antiga família tradicional irlandesa, também de uma geração de "guardiões da Felicidade", ou como seus ancestrais a chamam “Crainn Chiara”. Cada família de guardiões, incluindo a sua, é responsável por armazenar momentos de extrema felicidade em globos de vidro. Esses momentos, são resgatados apenas na véspera de Natal e colocados nos galhos de um enorme pinheiro escocês, exatamente à meia-noite, fazendo com que o mundo seja invadido por uma felicidade incomum, capaz de preparar a humanidade para encarar mais um ano. O problema é que, depois de tantos séculos, as civilizações tornaram-se mais sérias, mais egoístas, com momentos de felicidade reais ficando escassos, assim como as árvores e todas as plantas. E a felicidade está em risco. Maeve precisa cumprir seu dever, faltam poucos dias para a véspera de natal e ela ainda não conseguiu. O mundo depende dela. Mas o que ela não contava, é que Henrique, dono de uma felicidade revigorante, poderia balançar com a sua própria felicidade.

"Mas, tenho medo de falhar. –Algo que sempre faço."

Olá, todo mundo! Tudo bem com vocês?

Trago agora a resenha de uma conto maravilhoso de ser ler. Vocês sabem (se não sabem, estão sabendo agora hahaha) que não costumo ler contos. Sempre fico à espera de uma continuação que muitas vezes não vem. Contos são curtinhos mesmo e às vezes não tem o desenvolvimento que eu esperava e acabo me decepcionando. Então, fiquei um pouco receosa para ler Felicidade Invisível. Porém, lendo algumas resenhas senti a curiosidade despertar em mim, e logo corri para ler.

Sabe aquela história gostosa de ler, que numa sentada você ler tudo? É o que acontece ao lerem esse conto. Só que comigo foi diferente, gostei tanto da história que fiquei enrolando para não terminá-la, não queria me separar daqueles personagens, alguns tão incríveis, outros que me dava vontade de jogá-los da escada 😂. Chega de papo e vamos conhecer a história.

"Nossos problemas nos fortalecem e nos fazem pessoas melhores."

Marcelo MacCleury é uma guardiã da felicidade e como tal, ela precisa armazenar momentos de felicidade em globos de vidro. As felis, como são chamados esses globos, ao estorarem levam felicidade e alegria para todos.

Há uma certa competição na família de Maeve, que é alimentada por seu próprio pai, que é muito exigente quando se trata da própria filha. Contudo, enquanto os irmãos estão preocupados com quantidade, Maeve deseja qualidade. E assim não vê problema em estar "atrasada".

Henrique é um bailarino que se formou em arquitetura e trabalho com isto para sobreviver, porque seu pai era preconceituoso e não permitiu que o filho fosse em busca de seu sonho. Atraída por sua felicidade, mesmo com tudo o que ele já enfrentou, Maeve se vê envolvida com Henrique, ele lhe afeta como nenhuma outra pessoa já o fez. Ela achava que é por conta de sua Aura brilhante, mas descobrirá que há muito mais aí.

"Mas, ele tem um imã, algo que me atraiu desde o primeiro momento que o vi. E desde que nos conhecemos, o sinto como se o conhecesse desde sempre."

O Henrique é um fofo e muito batalhador, mesmo com todas as possibilidade contra ele, deu o melhor de si e foi em busca do que mais queria: do seu sonho. Não desistiu diante das dificuldades, mesmo que houvesse momentos em que duvidasse de sua capacidade. Eu adorei muito ele! Ele é um exemplo a ser seguido, se você quer algo, vá em busca disso, não desista.

Maeve é enigma até para ela mesma. Tem muitas dúvidas em relação ao futuro e ainda não decidiu o que deseja fazer na faculdade, nessa parte me identifiquei muito com ela, é difícil escolher num curto prazo de tempo o que se quer fazer pro resto da vida. Enfim, eu gostei muito de suas características. Ela é linda por dentro e tem um papel muito importante na história, é alguém de quem espero coisas grandiosas.

Sabe aquele livro fofo, meigo e romântico, assim pode ser descrito esse conto. Para um história tão curtinha, o livro teve um ótimo desenvolvimento é uma ampla apresentação dos personagens e suas características. Fiquei encantada com a história e não vejo a hora de Felicidade Obscura ser lançado. Para quem não está entendo o que estou falando, Felicidade Invisivel é uma espécie de prequel do novo livro que a Lari lançará em Julho deste ano. Que noticia legal, né?! Estou curiosa e empolgada e não vejo a hora de poder ler essa "continuação".


Beijos e até o próximo post!

11 comentários:

  1. Oiii, tudo bem?
    Que livro mais lindo menina, confesso que fiquei bastante interessada por essa obra, ainda mais com essa capa, sua resenha ficou demais!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  2. A capa é linda ♥
    Não sou muito de contos, mas esse realmente parece ser um encanto. Amei ler suas impressões sobre ele.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Oiii!

    Eu tenho a mesma sensação em relação a contos, o que é bom é saber que a Lari vai lançar um livro <3 Fiquei mais animadinha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Eu também não sou muito de ler contos, mas fiquei curiosa para conhecer esta depois da sua resenha. Fico feliz que gostou tanto, espero que goste também das outras histórias da autora. Eu ainda não li nada dela, mas tenho curiosidade de fazê-lo :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  5. Tb não sou muito chegada em contos, não, tanto que eu praticamente não leio, só quando é conto de alguma série que eu gosto muuuito.
    Esse aí eu não conhecia e apesar de achar a capa bonitinha, pelo o que deu pra ver na foto, ele não me despertou interesse, não. Mas que bacana que vc gostou tanto, mesmo não curtindo contos. É bom quando somos surpreendidos assim. ^^

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse conto, mas adorei saber um pouco mais sobre a trama. Sua resenha realmente me deixou com aquela sensação de que parece ser uma história bem fofinha. Já estou anotando a dica.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  7. Eu ando ouvindo falar muito desse conto por aí, mas ainda não tive a oportunidade de ler! Parece bem bacana e fiquei muito curiosa pela história!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Thayenne!

    Não me interesso muito por contos, tanto que não conhecia esse, mas apesar disso, gostei de saber suas impressões com a leitura e gostei de saber que tem um romance envolvente. Quem sabe, um dia, eu tire essa nóia com contos e resolva lê-lo? Não descarto a dica, parabéns pela resenha.

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Adoro contos, principalmente os disponíveis na Amazon que rapidinho está em mãos.
    Contos bem desenvolvidos e boa apresentação dos personagens são essenciais pra uma boa experiência com o gênero.

    Até mais!!
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Não sou muito de ler contos, porém fiquei mega interessada neste. Além do romance vi um quê fantástico, e sou apaixonada por fantasias. Acho que darei uma chance, por isso dica anotada (;
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Não conhecia o livro e estou encantada com sua resenha, nem me lembro qual foi a ultima vez que li um livro de contos, esse com toda certeza vai para minha lista. Amei a sinopse e os quotes que você escolheu e nem vou comentar que a capa está um arraso né hahahahha
    Adorei. Dica anotada.

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo