Curta e fique por dentro!

[Resenha] Dominic.


Título original: Dominic - Slater Brothers
Autor (a): L. A. Casey
Editora: Bezz
Ano: 2015
ISBN: 9788

Sinopse: Depois de um acidente de carro que matou seus pais quando ela era uma criança, Bronagh Murphy escolheu a isolar-se das pessoas num esforço para manter seu futuro longe de sofrimentos. Se ela não se aproximar de pessoas, falar com elas ou conhecê-las de qualquer forma, ela conseguirá ficar sozinha, do jeito que ela quer. Quando Dominic Slater entra em sua vida, ignorá-lo é tudo o que ela tem que fazer para chamar sua atenção. Dominic está acostumado a chamar atenção, quando ele e seus irmãos se mudam para Dublin, na Irlanda, para cuidar do negócio da família, ele ganha a atenção de todos. Todos, exceto da bela morena com uma língua afiada. Dominic quer Bronagh e a única maneira que ele tem de chegar até ela, é arrancá-la do seu isolamento voluntário, e ele vai fazê-lo da única maneira que sabe… pela força. Dominic a quer, e o que Dominic quer, Dominic pega!

"Querida, você não tem que tentar por mim. Tente por você mesma; a forma como você vê o mundo não é saudável. Quero que permita que outras pessoas entrem na sua vida; você não pode contar só comigo."

Bronagh Murphy perdeu os pais quando ainda era criança e desde então mora com sua irmã mais velha (e única família que têm), Branna. A perda de seus pais impacrou bastante na vida de Bronagh, ela não permite a entrada de ninguém em sua vida, pois tem medo que eles partam.

Bronagh é uma excelente aluna, tanto é que tem algumas regalias. Porém, nem seu jeito tímido e calado de ser a impede de sofrer bullying. Tudo só piora com a chegada de Dominic Slater no colégio. Depois de ignora-lo, ele começa a fazer de tudo para irrita-la, coisa que é muito fácil, já que Bronagh não vai muito com a cara dele.

Dominic é bonito e acredita que todas as garotas caíram a seus pés com um simples estalar de dedos, quando Bronagh não responde como ele esperava, ele infernizar a vida dela, depois de um tempo nem ele mesmo sabe o porquê de fazer aquilo.

Mas, todo mundo conhece aquele velho ditado "a linha entre o amor e ódio é tênue". E o mesmo acontecerá com eles, após inúmeras discussões acaloradas, eles acabam ficando e sem querer se tornam vulneráveis. Bronagh não gosta de contato, Dominic não respeita o espaço pessoal dela, será que esse casal vingará?

"Não vou te deixar nunca. É isso é uma coisa que precisa saber sobre mim, amor. Uma vez que for minha, nunca vou te deixar ir embora. Posso ser um babaca em oitenta por cento do tempo, então, mesmo que tente me deixar, não vou deixar que isso aconteça."

Ouvi muito sobre esse livro no evento Conhecendo a Bezz que teve aqui na minha cidade, onde ganhei este livro. Estava louca de curiosidade para saber se era tão bom quanto diziam. E adorei a história, me diverti horrores e sabe aquela livros que você mal acabou de ler e já quer reler? Dominic é assim!

Eu realmente entendi a relação de amor e ódio de Bronagh em relação a Dominic, por ter tudo sempre muito fácil e por não ouvir não com frequência, Dominic pode ser considerado (no mínimo) mimado. Quando Bronagh não agia de acordo com o que ele esperava, ele ia lá fazia ou falava coisas desagradáveis. Como por exemplo, ele cismou que ela era sua e todos os meninos que se envolveram com a Bronagh acabaram apanhando dele. Se tratando de ficção essas cenas renderam boas risadas, mas se fosse na real life eu ficaria com um pouco de medo dele.

Bronagh não é a pessoa mais fácil do mundo, seu trauma está tão enraizado dentro dela, que isso a atrapalhou de fazer amigos, e mesmo não concordando com algumas das atitudes do Dominic, ele ajudou-a bastante a superar esse medo.

O relacionamento deles, depois (é claro) de passado toda a palhaçada inicial, é muito bonito. Dominic é um porto seguro para Bronagh, ela sabe que não importa o que aconteça poderá sempre contar com ele e o mesmo também é válido sobre ela. Sempre adorei romances estilo gato e rato, porque deixa qualquer história mais divertida, porém eles conseguem se superar, e é isso que mais gostei neles, não importam o quanto estejam bravos um com o outro, eles sempre dão um jeito de fazerem tudo ficar certo!

A coisa que mais me chocou é como o bullying é perigoso em outros lugares. Nunca presenciei e nem convivi com o bullying pesado. Confesso que me surpreendeu bastante saber o quão ruim as coisas podem chegar a ficar. A autora tratou com muita verdade e realidade esta parte.

A escrita é fluída, leve e envolvente. A narrativa é bem bacana, dá para saber o que ambos os protagonistas estão pensando. O desenvolvimento dos personagens foi bem construídos. A história é alegre, divertida, romântica, sensual, dramática, um pouco triste e incrível tudo ao mesmo tempo hahaha. Minha única ressalva é em relação ao porquê dos irmãos Slater são empregados de um bad guy, para mim a coisa toda foi muito surreal e achei hilário.


Beijos e até o próximo post!

22 comentários:

  1. Oi Thayenne!
    Gostei do livro falar um pouco sobre bullying, no entanto não achei o enredo interessante. Vou pular a leitura, mas indico para uma amiga que sei que vai gostar.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem ? achei a leitura muito interessante. Incluirei na minha listra extra de leitura. bjs

    ResponderExcluir
  3. Sabia que eu conhecia essa editora a pouco tempo? Na verdade, eu vim presta atenção nela a pouco tempo, então ainda estou conhecendo os títulos, e gostei bastante desse, é bem o meu tipo de leitura, parabéns pelo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Não conhecia o livro, e embora eu não curta muito o gênero, gostei bastante da premissa, acho que seria um livro que me agradaria. Embora eu tenha achado muitas coisas clichês, mas são coisas legais como o casal não se dar muito bem, tipo cão e gato. Gosto da protagonista ter seus problemas e tal, acho que isso deixa o leitor mais envolvido.
    Curti.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Que bom que tenha gostado do livro, infelizmente não é para mim, não gosto muito de romances, ainda mais os adolescentes, achei esse garoto também muito abusivo, outra coisa que já ne cançou é o bulling, acho que já li livros demais com esse tema :/

    ResponderExcluir
  6. oi
    Eu amo essa série, confesso que no começo fiquei com muita raiva pelo modo infantil que eles se portavam em alguns momentos durante a leitura.
    bjo

    ResponderExcluir
  7. Ola!
    Li esse livro ano passado, mas em ingles.
    Fiquei feliz ao saber que uma editora brasileira o publicou.
    Achei a história legal, daquelas para ler e passar o tempo.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, não acho muito legal esse tipo de leitura, mas parabéns pela sua resenha que ficou incrível.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  9. Olá linda,

    O livro não me agradou muito, mas daria uma chance para saber como fluiu a amizade e o amor entre esses dois personagens bem loucos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oiii!!

    Eu não conhecia esse livro, confesso que não faz muito meu estilo favorito, mas fiquei feliz em ver sua resenha gosto de saber como as obras são concluídas e fiquei animada com a resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Oi Thayenne.
    Nossa, achei esse Dominic um verdadeiro otário, ainda mais por ele se achar a última bolacha do pacote e ficar infernizando a vida da Bronagh.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Tenho vontade de ler Dominic desde que conheci a editora. Acho essa capa bem chamativa junto com a premissa. Fiquei bastante instigada com a resenha e por isso dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Esse livro está na minha lista, só falta tempo para ler, mas quero muito ler em breve. Adorei sua resenha e fiquei mais uma vez encantada com o tema desse livro! Parabéns ´pela resenha!

    ResponderExcluir
  14. Todo mundo fala muito bem dessa série, mas eu ainda não li. Esperei sair o físico, comprei e ainda nem peguei nele. Acho que por conta da diagramação, impressão e tradução que deixou a desejar, o livro não ficou muito bonito, sabe. Enfim, mesmo assim eu vou ler. Vamos ver se esse ano rola. ;)

    ResponderExcluir
  15. Oie
    Eu estou bem curiosa com essa história.
    Inclusive, essa capa é bem atrativa né? rssr Estou querendo ler o livro para ontem, e gostei bastante da sua resenha.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  16. Achei bem interessante o livro tratar de um bullying mais pesado, e que isto fica claro nas páginas em que o assunto é tratado. Adorei a capa do livro, mas não sei se gostaria desse romance gato e rato deles. Mas quem sabe um dia eu não me interesse em ler.

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Apesar dos clichês e da capa horrorosa, a premissa me chamou a atenção, ainda mais por abordar o bullying em sua maneira mais pesada. Não sei se o lerei, mas vou anotar em minha lista.

    ResponderExcluir
  18. Eu e odeio essa série ao mesmo tempo. Amo muito muito mesmo pela escrita, por ser engraçada e leve e odeio porque a autora nos prende a todos os livros. Uma vez que começa, já era! Você quer ler todos rsrs Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Já tinha ouvido falar do livro, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Fiquei intrigada para dar umas boas risadas nas partes que Dominic bate em quem se aproximada da Bronagh e confesso que se fosse na vida real também teria medo dele rsrs.
    Mas o menino é bonzinho e ajudou a garota a superar seus traumas rsrs

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Gosto muito de leituras desse estilo e imagino que seja muito interessante essa, ainda mais porque podemos ver o ponto de vista dos dois protagonistas. Fiquei curiosa sobre o motivo de eles trabalharem para o bad boy, porque você achou hilário.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Esse livro tem várias coisas que não me agradam, sendo as principais o relacionamento estilo gato e rato, que ao contrário de você não curto, e a presença de bullying, que com certeza é um assunto importante, mas que foi tão abordado que enjoei. Fora que as atitudes do cara iam me irritar horrores, eu também teria medo de uma pessoa assim na vida real.

    ResponderExcluir
  22. Olá! Eu dificilmente me interesso pelo gênero erótico e confesso que também não curto esse tipo de leitura, acredito que o público deste gênero é bem restrito e fiel.


    By Patty

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo