Curta e fique por dentro!

[Resenha] De repente, o amor.


Título original: Love, unexpectedly
Autor (a): Susan Fox
Editora: Única
Ano: 2013
ISBN: 9788573128611

Sinopse: Aos trinta e um anos, a sorte de Kat Fallon com os homens já se mostrou longe de ser algo positivo. Mas quando ela convida seu melhor amigo e vizinho Nav Bharani para ser seu par no casamento de sua irmã mais nova em Vancouver, ela não imagina que está para embarcar na maior surpresa de sua vida. Nav é apaixonado por Kat desde que ela se tornou sua vizinha, e quando ela diz para ele que adora viagens de trem, principalmente pela possibilidade de "conhecer" estranhos, Nav bola um plano para ganhar o coração de Kat. Em cada parada do trem durante a viagem ele aparecerá disfarçado como "um desconhecido sexy". Kat cai nesta brincadeira sensual, mas o que começa como uma simples diversão transforma-se em algo mais denso e Kat se vê em dúvida se permanece em suas fantasias sexuais de solteira ou investe no seu par perfeito. Sexy, divertido, intrigante... Susan Fox é um dos novos talentos da ficção erótica.

"Ele era meio parecido com suas fotografias. Em certo nível, eram meramente excelentes fotos de prédios, cenários, pessoas – ligeiramente incomuns quando se tratava de ângulo e iluminação. No entanto, se você olhasse mais fundo, havia muito a ver e você nunca sabia se tinha visto tudo. Se perguntasse ao Nav, ele daria um sorriso enigmático e diria: 'O observador é quem faz a imagem'."

Kat Fallon é a segunda filha, a filha que é conhecida por seu uma pessoa muito sociável e assim vive cercada de pessoas. Mas, nem tudo é um paraíso, Kat também é conhecida por seus inúmeros relacionamentos fracassados, ela não gosta muito quando as pessoas falam sobre isso, porém é tudo verdade.

A irmã caçula de Kat vai casar, e ela junto com suas outras duas irmãs, Jenna e Thereza, ficarão responsável pela organização do evento. Como não faz nem um mês que terminou seu ultimo relacionamento, Kat não tem como ir acompanhada, e ela não quer ir sozinha e ter que aguentar as piadinhas da família. Pensando nisso, ela convida seu melhor amigo, Nav, para fingir ser seu namorado.

Contudo, o amigo em questão é apaixonado por Kat desde o primeiro dia em que a conheceu, e por anos acompanhou os relacionamentos ruins dela. O que ele não sabia era que ela sentia atração por ele, mas nunca fez nada em relação a isso para não perder a amizade, que sempre foi muito importante para ela. Durante a viagem de  trem até a casa da família de Kat, ela é Nav vão se redescobrirem, viveram bons momentos juntos e no final verão se vale a pena ou não arriscar.

"A vida é cheia de momentos difíceis e é preciso amor e amizade para vencê-los juntos."

Já começo falando que gostei mais do livro anterior, no início achei a ideia muito criativa de Nav criar novas facetas para si a fim de chamar a atenção de Kat e para que ela não se sentisse tão culpada. Mas, achei que a autora exagerou (só) um pouquinho no drama. Entendo quem história precisava de algo para dar uma agitada no casal, mas a Kat me cansou com sua indecisão.

O Nav é maravilhoso. Vem de uma família rica e tradicional, mas ao ver que seus pais queriam interferir no seu futuro, ele deu um basta. Saiu de casa, congelou a poupança e passou a trabalhar com aquilo que ele realmente queria, ser fotógrafo. Como disse antes, Nav sempre foi apaixonado por Kat, porém ela sempre escolheu caras importantes e ricos, ele achou que nunca teria sua chance, por isso quando ela o convidou para ser seu acompanhante, ele não hesitou, ele viu ali sua chance de conquista-la.

Como segunda filha, Kat sempre teve que viver tentando superar as expectativas, já que sua irmã mais velha , a Thereza, é um gênio. Contudo, Kat não era inteligente como a irmã, nem mesmo era bonita, então passou a usar o que tinha de melhor, seu jeito fácil de socializar. Ela vive cercada de pessoas, mas amigo mesmo ela só tinha o Nav, daí tanto medo em perdê-lo.

A leitura foi muito divertida, e apesar do que falei ali em cima, num quadro geral a história foi muito boa. Fala sobre amor, amizade, limites, se conhecer e descobrir o que se quer, aprender a se aceitar é ir em busca do que se quer, do que se mais deseja. 

"– Você tinha razão, precisamos conversar. – Ela sentou na beirada da cadeira e deu uma olhada rápida para ele. – Mas você me conhece, sou melhor em me esquivar das coisas difíceis do que lidar com elas."

Beijos e até o próximo post!

11 comentários:

  1. Eu estou louca para ler os livros dessa série. Gostei bastante de ver sua opinião sobre esse livro e espero poder ler todos em breve.

    ResponderExcluir
  2. Olá Thayenne, tudo bem?

    Confesso que não conhecia o livro, não sabia que fazia parte de uma série. Apesar da sua resenha ter ficado muito boa, ter lido suas impressões sobre o livro, eu não pretendo ler o mesmo. Vou passar a dica!
    Bjuss

    ResponderExcluir
  3. Oiii lindinha, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, por isso irei pular a dica, mas a sua resenha ficou um arraso como sempre, além do mais essa capa é linda <3
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oie

    Infelizmente não consegui passar do primeiro livro, não que seja ruim, eu não curto muito do gênero.
    Gostei muito da sua resenha, apontando tanto o lado positivo da obra como o que não agradou muito. Acho uma boa dica para quem curte o estilo.

    bjs
    Fernanda Y.

    ResponderExcluir
  5. Já li esta série, e gostei muitos dos livros dela, inclusive este. Adoro quando o amor nasce de uma amizade, e a forma como Nav resolveu arriscar tudo para ter o amor de Kate foi muito legal.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Olá.tudo bem? Que resenha fofa sobre um livro fofo. É bem a minha cara esse tipo de leitura. Um romance cliché é tudo o que eu peço numa leitura kkkkk dic anotada beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Adorei o livro e o enredo envolvido, devo admitirque esse não é o meu gênero favorito, mas eu daria uma chance.

    ResponderExcluir
  8. Eu tinha essa série completa e não li, acredita!! Sério hahaha, agora lendo sua resenha e essa sinopse eu super estou querendo ler, parece instigante e beeeeem sexy, então já curti! Sua resenha ficou muito boa, gostei bastante da sua escrita também!

    ResponderExcluir
  9. pra quem busca uma leitura bem envolvente, acredito que esse título seja indicado... não conhecia a trama mas não me interessei pela premissa, o gênero não tem muito a ver comigo... bjs...

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Gosto da premissa do livro, sempre vejo nas livrarias, na internet mas nunca comprei a série e agora estou com muita coisa parada pra pensar em coisas novas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Este é um daqueles livros que a capa me afasta, mas a história me atrai hahaha

    Ainda bem que li tua resenha, senão eu continuaria longe desta obra. Gostei de saber o que posso esperar desta história.

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo