Curta e fique por dentro!

[Resenha] A garota do calendário - Janeiro.


Título original: Calendário Girl: January
Autor (a): Audrey Carlan
Editora: Verus Editora
Ano: 2016
ISBN: 9788576865063

Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.  Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

"Descobri que podia olhar para ele por dias a fio e me sentir como se tivesse ganhado um prêmio."

Mia Saunders foi abandonada pela mãe ainda criança. O pai dela acabou se afundando na bebida e no vício em jogo, porém isso nunca o impediu de ser um pai para suas duas filhas, até agora. O pai de Mia tem uma dívida de um milhão de dólares com o ex-namorado dela, Blaine. E mesmo já tendo sido um casal no passado, isso não impediu Blaine de contá-la por uma dívida que não era sua.

A tia de Mia, Millie ou Srª Millan (como gosta de ser chamada), arranja para ela um trabalho como acompanhante, Mia não consegue aceitar muito bem a ideia, mas tempos desesperados requer medidas desesperadas. E Mia aceita o trabalho.

O primeiro homem para quem "trabalha" é o encantador Weston Charles Channing Terceiro, ou só Wes. Que além de lindo e rico, é escritor de roteiros, e por isso não tem tempo para se dedicar a um relacionamento. A principal função de Mia será afastar as interesseiras de perto dele nos eventos aos quais precisa comparecer.

"Apenas trepar... sem amarras. Para mim, isso não era nada natural. Ainda que eu me considerasse uma pessoa forte, cheia de atitude e sempre focada em meus objetivos, me apaixonei por cada homem com quem transei. Cada um deles."

Poupei é muito sobre os detalhes da história. Primeiro, porque é raro encontrar alguém que ainda não tenha lido e segundo, porque não quero escrever demais sobre o livro. Eu não sabia o que esperar desse livro, porque li comentários bons e ruins sobre. Porém, eu achei a leitura bem agradável.

Mia queria ser atriz, mas teve aê abandonar este sonho (pelo menos por enquanto) para poder pagar a dívida do pai, que apesar de fazê-la enfrentar essa barra, é alguém que ela ama muito. Eu gostei bastante da Mia, ela é família, leal e muito determinada. Não deixou que o dinheiro de Wes a seduzisse, decidiu lutar suas próprias batalhas.

Desde o sobrenome ao modo como foi descrito o Wes me lembrou o Channing Tatum. Então, já tenham a certeza de que gostei do personagem. Sendo sincera, não achei convicente a desculpa que a autora deu para justificar o fato do Wes ser solteiro. Porém, entendo que precisava haver um motivo para alguém rico, charmoso e delicioso não ter uma namorada deslumbrante do lado. Outra coisa que gostei, foi que a autora fugiu do clichê "cara gato, mas babaca", ao invés disso optou por transformar o Wes num princípe. Carinhoso, amigo e um cara muito bacana.

A leitura é bem fluída, dei boas risadas com o decorrer da história. E tirando a seriedade da situação (caso fosse real) seria bem engraçado e divertido ser acompanhante. Já aviso não espere por uma história edificadora ou cheia de reflexões, pois não é bem assim. O livro é uma maravilhosa forma de se esquecer da realidade por algumas horas, e é muito viciante acompanhar a jornada da Mia, já estou empolgada para os próximos.


Beijos e até o próximo post!

24 comentários:

  1. Oi, Thay

    Que bom que a leitura foi agradável para você, eu não curti quase nada. Achei a história fraca, achei a escrita da autora, apesar de fluida, bem pobre, e achei a Mia uma bela de uma hipócrita. Sem falar que ela fala que tá nessa por causa do pai, mas depois começa a curtir e quase não lembra dele, o cara mal é mencionado na história! rsss
    Enfim, eu li apenas os dois primeiros e só vou ler os 10 restantes quando eles estiverem beeeeem baratos.

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  2. Vejo sempre (ultimamente principalmente) muuitas pessoas falando super bem dessa série de livros. Acho as capas bem sugestivas, porém bonitas. Mas agora acho que ainda não estou em um bom momento pra esse gênero, acho legal que a leitura tenha sido boa pra você.Gostei da resenha.
    Beijos.
    http://www.livrofilia.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi!

    Já estou terminando a série e te digo que as reflexões virão, haha, cada mês que passa a Mia irá refletir sobre uma coisa, é bem legal isso. A leitura é descontraída, não é para a gente realmente entrar no mundo de acompanhantes, porque não é isso que a autora quer passar. Adorei sua resenha, muita gente vai ler o primeiro livro pronto para detoná-lo.

    beijos =)

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu estou lendo essa série, e gostei bastante. É bem leve, não traz nada de mais, mas estou gostando de cada um dos volumes.
    Parei no mês de agosto, e estou aguardando receber os próximos volumes para terminar a leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Eu desisti da série no segundo volume e acho que fui até longe demais. Ainda não consigo entender o sucesso destes livros. Tirando toda a sensualidade da trama, que ao meu ver é apelativa, vamos pensar no enredo que levou a Mia a viver todas essas situações, a tal dívida do pai: cadê a polícia????? Não engulo este plot, superficial demais!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, Thayenne! Eu estou na metade da série, já li até o volume de Junho. Essa série se tornou bastante polêmica, mas o segredo para lê-la é não criar grandes expectativas. Muita gente desiste da série logo no início (desiste no segundo livro ou nem começa o segundo livro). Porém, ao longo dos volumes o leitor pode acompanhar o amadurecimento de Mia, tudo que ela aprende nessa nova vida de acompanhante vivendo em ambientes tão distintos a cada mês. Logo no livro de Março a autora acaba com a ideia de que Mia só fica com os cliente com intenções sexuais e mostra ao leitor que há muita coisa além do sexo e, isso é muito bacana. Meu favorito até agora foi o de Junho, é muito emocionante (e não é putaria kkkkkkkkk). Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá.

    Prazer. Eu sou uma das poucas pessoas que ainda não li esse livro. Quero ter os 12 antes de ler.

    Comparar o wes com o Tamtum foi ótimo kkk até eu quero um pra mim. Não precisava nem de 12 kkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Tenho acompanhado a série e esperava um pouco mais. Acho o comportamento da Mia muito hipócrita em relação à irmã, principalmente.
    Também dei risada em algumas situações no livro. E isso se repete nos outros hehe
    Que bom que gostou. Depois quero ver o que achou dos outros.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Eu conheço o livro, claro, mas não lerei nem tenciono faze-lo! :) ahah Não gosto nada de leituras hot/eróticas...

    Mas ainda bem que apreciaste e consideraste que foi uma leitura viciante e que te conseguiu retirar "a vida real" por momentos!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Thay,
    Que bom que a leitura te agradou, pois ela, infelizmente, não funcionou para mim. A Mia entrou nessa de Garota do Calendário por um motivo forte, mas suas convicções foram por água abaixo assim que viu o Wes, então, não, não achei a construção da personagem ok.
    Apesar disso, insisti na leitura e li até Abril, no momento. De todos, Fevereiro foi o que menor gostei.
    Espero que suas expectativas sejam supridas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Então, eu ainda não li o livro, e já li várias resenhas, tanto positivas quanto negativas. Estou com a série anotada na lista de futuras compras e espero poder aprecia-la, e da boas risadas da situação haha Adorei a sua resenha

    ResponderExcluir
  12. Oi lindona , tudo bem?
    Eu já li te novembro e o livro de dezembro já está na minha estante e será lido até o fim desse mês. Bom não vou falar dos outros livros mas já te adianto que você ainda vai se surpreender muito com a série e as risadas não vão faltar. Aliás p jeito divertido da Mia é espontânea deixa a leitura mais que agradável mesmo.
    Eu acho o Wes um fofo, mas não é meu preferido, embora isso não vá fazer com que as coisas mudem. Kkk
    Adorei também a autora não usar o ckuchr bd boy que já deixou muita gente saturada neh?
    Bjs e continue acompanhando a jornada da Mia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi oi querida,
    Eu preciso ler esse livro. Adorei a resenha e a sinceridade que você descreveu a obra me fez ficar ainda mais curiosa.

    Mesmo sendo um livro do gênero New Adult, a autora acrescentou um pouco de comédia nos outros livros e nesse também. A premissa é boa e o enredo encantador.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  14. Olá Thayenne =)
    Que bom que o livro lhe agradou. Vejo muitas resenhas que pessoas que gostaram do livros. Infelizmente ele não me interessou. Espero que os outros livros da série também lhe agrade. Beijos'

    ResponderExcluir
  15. Oie,
    Já estou em Novembro, e é realmente viciante acompanhar a jornada da Mia, a série é uma leitura rápida, o que é muito bom.

    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  16. Todo mundo gosta do Wes... Rs... Não tenho vontade nenhuma de ler essa série, não curto a premissa, fico indignada pela tia propor uma coisa dessas e pelo pai ter uma dívida tão enorme e não curto hot, então a série que vicia a maior parte dos leitores seria meio que uma tortura pra mim... Rs... Que bom que gostou, espero que curta todos os livros.

    ResponderExcluir
  17. OI Thay
    Gostei muito da sua resenha
    Eu acho que é bacana ler um pouco de tudo, sem preconceitos.
    Este parece ser um livro diferente, despretensioso.
    Também fiquei curiosa, não conhecia A Garota do Calendario, mas já coloquei na minha lista
    Bjs

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Tenho visto muito sobre esse livro ultimamente. E sempre que vejo fico mais confusa, pois é um lado que não gosta e outro que gosta. Acho que terei que ler para tirar minhas próprias conclusões, mesmo que eu não goste do gênero.
    bjs

    ResponderExcluir
  19. oie, que bom que você conseguiu se sentir empolgada para os próximos livros e que a leitura foi agradável. Infelizmente para mim foi sexo demais em poucas páginas e achei uma história fraca, e acabei não gostando. Ainda não sei se acabarei lendo os próximos para conferir o desfecho. Mas espero que você goste deles.

    ResponderExcluir
  20. Oiiiii,

    Eu já li muito sobre este livro e só pelas resenhas eu me apaixone pelo Wes kkkk, mas só vou ler quando todos os livros forem lançados. São muitos e eu não quero ficar na agonia de descobrir o que acontecerá no próximo mês rs.
    Adorei sua resenha.

    Beijinhos....
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  21. Oi Thayenne, estou me programando para ler esses livros um por mês no próximo ano... não sei se conseguirei me segurar e ter essa paciência toda, já que mal termino um e já começo outro quando se trata de séries....rs Ainda mais sabendo que é fluido e leve... Estou animada para conhecer as aventuras da Mia! Abraços

    ResponderExcluir
  22. Olá Thayenne,
    sua resenha resumiu muito bem a história. Também gostei da Mia, ela é uma mulher forte e decidida, apesar de em Fevereiro fazer um draminha rsrs
    Gostei do ator, apesar de ter imaginado o Thor como o Wes.
    Acho que a Mia ainda vai nos surpreender e amadurecer no decorrer da história.

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  23. Oiee ^^
    Também lembrei do Channing Tatum, toca aí 0/ Eu também já estava cansada de caras babacas, parece que a maioria dos livros desse gênero têm personagens masculinos idiotas, né? Apesar que eu não leio eróticos, essa série (os dois livros que eu li até agora) foi uma exceção *-* gostei do livro em si, mas não me apaixonei por nada na história :/
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Eu já li até o mês de Abril e amei a história, a Mia é uma mulher forte e acho que ela leva muito fardo sem necessidade, o pai dela não devia tê-la deixado assumir as responsabilidade pela irmã, mas fazer o quê né. A história não é tão profunda, mas é cativante e faz você querer ler os próximos livros.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo