Curta e fique por dentro!

Caneta. texto e ação! #8


Olá, todo mundo!

Vocês sabem que adoro postar nessa coluna né? Se não sabem, estão sabendo agora! Enfim, sempre estou dando uma olhada na internet sobre filmes e séries que eu poderia vir a gostar. Vasculhando no netflix, eu acabei encontrando o filme O seu jeito de andar, pela capa logo me interessei, e ainda mais quando li a sinopse, pois prometia ser diferente de tudo o que já assisti, e realmente foi. Por isso, não quis perder tempo e vim correndo indicá-lo a vocês, espero que curtam a dica!

Título Original: Barefoot
Gênero: Comédia, Drama e Romance
Duração: 1h e 29 min
Ano: 2014
SinopseO filho ovelha negra (Scott Speedman) de uma família rica conhece uma jovem paciente psiquiátrica (Evan Rachel Wood) que foi criada em isolamento durante toda a sua vida. Certo dia, ele leva a jovem inocente para o casamento de seu irmão para convencer a família de que ele deu um jeito em sua vida. Ela impressiona a família com seu charme genuíno. No meio do caminho, eles se apaixonam de maneira improvável.

Jay Wheeler é bom de papo, charmoso, bonito e um belo de um mau-caráter. Ele joga. bebe, fuma e frequenta clubes de de strip-teaser. Não há um gota do DNA mocinho correndo por suas veias. Jay se mudou para Los Angeles depois de ter estragado o grande negócio do seu pai. Acabou acumulando uma dívida de trinta e sete mil dólares e terminou sendo preso.

Por estar na condicional, foi obrigado a trabalhar como faxineiro de uma clínica psiquiatra. Pouco tempo depois de começar a trabalhar, Daisy deu entrada na clínica, e por um descuido do Jay conseguiu fugir. Mas, ao invés de sumir do mapa, ela o seguiu.

Precisando de uma acompanhante para levar ao casamento do seu irmão, Jay leva Daisy consigo. Por um tempo o plano deu certo, todos ficaram encantados com Daisy, porém ao ter um ataque de pânico na festa de casamento, a família do Jay descobre toda a farsa. E eles são obrigados a fugir. Ele por violar a condicional e ela por não querer voltar ao hospital.


O título desse filme me remetia a um romance doce e que me faria chorar, daí logo quis assisti-lo. Só que esqueça as primeiras impressões que vocês podem vir a ter ao ler a sinopse ou ver a capa desse filme. Pois o filme surpreenderá totalmente vocês.

Na história o Jay é o anti-mocinho, ele faz muitas merdas e não liga para as consequências, pelo menos não até estar com a corda no pescoço. Por ter causado uma confusão com sua família, seu contato com os familiares é escasso, e por ser orgulhoso não solicita a ajuda do pai.
Daisy foi enviada para a clínica após a morte da mãe, o que os médicos não tinham conhecimento era de que a mãe dela tinha problemas mentais, e não ela. Mas, por ter sido criada presa e sem ter contato social com ninguém além da mãe, Daisy tem algumas características bem peculiares, como o fato de não querer usar sapatos ou ser tão ingênua que me fez dar boas risadas no decorrer do filme.
Dois estranhos que não sabem nada da vida um do outro, embarcam numa aventura e esperam que tudo dê certo. Jay mudará bastante depois de conviver com ela, e Daisy conhecerá mais do mundo e aprenderá a confiar em estranhos.

Toda a história da Daisy foi bem explicada no filme, mas senti falta de um aprofundamento maior no Jay, pois da forma como foi descrito parecia mais que ele fazia as coisas erradas por gostar de fazê-las, e isso ficou meio sem sentido, principalmente depois de sua repentina mudança. Porém, apesar disso o filme é muito gostoso de se assistir, eu não consegui sentir o tempo passar, estava completamente envolvida com a história e queria saber o desfecho. Mesmo tendo drama como um dos gêneros de classificação, a coisa toda é muito leve e sutil, então para quem não gosta de filmes repletos de carga dramática esse filme é uma boa pedida.

O final foi muito inesperado, pois faltando menos de seis minutos para se acabar as coisas começaram a tomar o seu lugar, em qualquer outro filme isso daria o ar de correria, no caso de O seu jeito de andar, deixou tudo com ainda mais a cara dos personagens que são conhecidos por suas decisões impulsivas. Enfim, foi um filme que gostei bastante e que me tocou muito, não cheguei a chorar, pois não foi nisso que os escritores focaram, e sim nas mudanças que ocorreram na vida dos protagonistas após se conhecerem. Um filme lindo e muito divertido, que te fará olhar as coisas sobre um ângulo diferente. Ultra recomendando e super favoritado!


Beijos e até o próximo post!

13 comentários:

  1. Que dica legal! Se encontrar, vou assistir. Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Não sabia que tinha esse filme maravilhoso na Netflix ;OOOO mygod, já tirei foto da capa pra assistir quando tiver oportunidade <3 miga, amoooo dicas de filmes assim e adorei essa dica, eu precisava mesmo de um filme romântico que me tocasse, vou assistir esse com certeza!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gente eu não sabia sobre este filme. Que lindo. Quero ver agora. Apaixonei. Fora que a atriz e maravilhosa. Obrigada pela dica.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Ahhh eu vi esse filme! Até deixei anotado para conferir esse titulo.
    Já gostei dessa história, e quero dar um jeito de assistir esse final de semana. Muito bom!Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Já sei que vou amar! Adoro esse tipo de filme, que faz chorar, rir e se apaixonar! Muuuuuito obrigada pela dica, vou usá-la essa noite!😘

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Não tenho netflix, então, para mim, é mais difícil acompanhar o que há de bom em matéria de filmes. Mas gostei desse, e a atriz é tão linda!!!

    ResponderExcluir
  7. Oiii!
    Eu não assisti esse filme ainda. Maaaas acabei de ver no Netflix e vou tentar assistir em breve! Fiquei chateada com as coisas darem certos apenas nos últimos minutos do filme.
    Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não gostei do poster do filme, então se fosse só por ele eu passaria a indicação sem nem pensar muito.
    Por esse motivo, acabei pulando a sinopse... Não gosto de ler sinopses de filme pois sempre fico com a sensação de que elas comentam as únicas partes boas, então fui direto para as suas opiniões e...
    Bom, o que eu posso dizer é que minhas primeiras impressões foram deixadas de lado. Fiquei interessada no que você comente e querendo conferir o filme. espero gostar tanto quanto gostei da sua postagem :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  9. Realmente parece ser um filme bem diferente!!! Achei a trama cativante e já quero assistir. Coloquei na listinha :D Seu post ficou ótimo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, foi otimo ver sua impressão do filmes pois eu já estava cogitando assisti-lo. A trama dos personagens me faria emocionar em cada minuto, e já vou cuidar de vê-lo.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Não conhecia ainda esse filme, mas adorei as suas considerações e fiquei bem curiosa para assistir também, já que adoro a atriz protagonista. Será que está disponível na Netflix?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Nunca tinha escutado falar no filme, mas gostei muito da dica. ALém de divertido, ainda tem todas essas mudanças nos personagens que adoro acompanhar. Gostei do seu ponto de vista. Bela crítica. Com certeza vou querer assistir.

    ResponderExcluir
  13. Já estou indo na Netflix caçar esse filme, adorei sua dica e uma ótima pedida para o final de semana, traga mais novidades e dicas de filmes e série hein!

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo