Curta e fique por dentro!

[Resenha] No Limite do Desejo.


Título original: Take me on
Autor (a): Katie McGarry
Editora: Verus
Ano: 2016
ISBN: 9788576864677

Sinopse: Haley é campeã de kickboxing, mas, após enfrentar uma tragédia, jurou nunca mais pôr os pés no ringue. Até o dia em que o cara em quem ela não consegue parar de pensar aceita uma luta de MMA em homenagem a ela. De repente, Haley tem de treinar West Young. Cheio de atitude, West é tudo o que Haley prometeu a si mesma evitar. Ainda assim, ele não vai durar cinco minutos no ringue sem a ajuda dela. West está escondendo um grande segredo de Haley, sobre quem ele realmente é. Mas ajudá-la lutar por ela é uma chance para a redenção. Ele não pode mudar o passado, mas talvez possa mudar o futuro de Haley. Haley e West combinaram de manter o relacionamento estritamente dentro do ringue. Mas, conforme uma ligação inesperada se forma entre eles e o desejo chega ao limite, eles terão de enfrentar seus medos mais obscuros e descobrir se vale a pena lutar pelo amor.

"Não é grande coisa, mas é alguma coisa, e há momentos na vida em que você precisa de alguma coisa, por menor que ela seja."

Haley é uma lutadora de Kingboxer ou era. Depois que terminou o namoro com Matt, ela se afastou da luta, coisa que amava fazer, chegou até a ganhar um prêmio por isso. Ninguém sabe o que realmente aconteceu e ela não fala com ninguém sobre.

West Young costuma seguir a mãe, todas as vezes em que ela vai a parte "ruim" da cidade, ele acredita que faz isso para protegê-la. Mas, isso é uma mentira que conta para si mesmo na tentativa de aliviar a culpa que sente por segui-la. Ele ainda não descobriu o que ela vai fazer lá, desconfia de que esteja tendo um caso com alguém, porém não tem provas.

Enquanto seguia a mãe, ele quase atropelou Haley, que tinha tentado atravessar a rua para se livrar dos caras que queriam assalta-la (ou fazer coisa pior). Ele a ajuda, contudo ao tentar ajuda-la acabou complicando ainda mais a situação dela. Haley então é obrigada a lutar para salvar ambos, mas ela tinha prometido que nunca mais lutaria. E essa situação a deixa em conflito.

Dois jovens totalmente diferentes com pouquíssimas coisas em comum, que se esbarram sem querer e acabam "invadindo" a vida um do outro. Eles até tentam ficarem separados, entretanto é como se algo os quisesse juntos. Seria odestino  ou coisa maior?

"Meu coração dói por West, e isso cria problemas. Sou atraída por ele, sofro por ele e, mais que tudo, gosto dele e preciso de mais complicações na vida tanto quanto preciso de um buraco na cabeça."

Eu ganhei esse livro no Mochilão da Record e por ser o quarto volume de uma série, não sabia quando iria adquirir os outros. Contudo, eu sentia uma vontade louca de ler e mesmo correndo o risco de pegar spoiler ou de até mesmo não entender a história segui adiante. Na resenha de No Limite da Ousadia, eu falei desses riscos, mas quando comparados No Limite do Desejo tem mais spoiler que o NLO, e por isso fiquei meio perdida no começo da leitura, mas depois me adaptei muito bem e a leitura fluiu.

Tudo o que posso dizer é que, virei fã de carteirinha da autora. Quero ler até as anotações de coisas a fazer dela 😂. A escrita dela é maravilhosa, além de fluída e cativante. Os personagens são marcantes e bem contruídos. A história é bem desenvolvida e motivadora, pous a autora sempre abordar temas pesados e trabalha muito bem sobre eles, tudo isso de uma forma leve e divertida, e às vexes um pouco sensual, que foi o caso desse livro.

No livro teremos o West, um garoto bonito e rico, que supostamente tem a vida perfeita e todos deveriam sentir inveja dele. O West do começo da história é completamente diferente do West do final. West era egoísta demais para dar valor a qualquer coisa, foi preciso perder tudo para perceber o quanto a vida tem a oferecer. Eu não gostava do West do início, mas me apaixonei perdidamente pelo o West do meio e fim. 
Haley era de classe média, mas seu pai perdeu tudo e foram obrigados a viver de favor na casa do tio dela, que por sinal é um idiota. Desistiu do que mais amava e passou a viver num inferno. Perdeu a amizade que tinha com o irmão e o primo devido a um ataque de raiva, e teve que aprender que lidar com tudo de difícil que lhe aconteceu sozinha. Por isso, quando o West aparece em sua vida, ela faz de tudo para não se envolver com ele, e quando o faz algo ruim lhes acontece, o que a endurece ainda mais.

Esse livro é fantástico, brilhante, amoroso, doce e tem seus momentos fofos. Mas, também é sobre família disfuncionais, sobre ter que lidar com dificuldades, sobre saber a hora de desistir e continuar, sobre amor, família, perdão e erros, muitos erros. É um história bonita, mas cercada de coisas tristes. Você fica tão envolvida que nem sente o tempo passar.


Beijos e até o próximo post!

20 comentários:

  1. Olá
    Eu ja li esse livro, e adorei poder conferir seus comentários a respeito. Também acho q história fantástica, assim como todos os livros que li da autora. Me identifiquei bastante com suas impressões e fico feliz que tenha curtido..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esse tipo de livros com pessoas mais jovens e esses mocinhos bad boys, casais improváveis. Eu amei a prerrogativa desse livro e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  3. Eu li esse livro já tem um tempinho e me lembro de ter me sentido assim também, ler e nem perceber o tempo passar. A história é muito cativante e a gente fica o tempo todo torcendo para que as coisas deem certo para esse casal, gostei de ver a resenha desse livro aqui no seu blog e deu para matar a saudade um pouquinho.

    ResponderExcluir
  4. Esses livros nunca chamaram minha atenção, mas não posso negar que a história tem uma pegada bem legal. A menina ser lutadora é uma coisa muito bacana e diferente do que estamos acostumados a ler.
    Que bom que você gostou, vamos ver se um dia eu leio...

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Thay, adoro essa série e adoro este livro, trazendo uma mocinha que "ensina" o mocinho a se defender. Concordo com você sobre o livro não falar somente sobre o romance, mas trazer a questão familiar no enredo.
    Amei que você também gostou!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Thayenne,
    Ando namorando esse livro há um tempo, e saber que ele é tão bom assim me anima! Adoro um romance bem escrito e envolvente. Adorei sua resenha!
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Sempre oiço boas críticas sobre esse livros e os outros. Apesar de ser super elogiados pelo blogueiros que eu acompanho, eu não tenho muita curiosidade em ler as obra não. E bom sabe que a história não se desenrola apenas no amor, mas também nesses obstáculos enfrentados. Um livro bonito cercado de cosias tristes rsrs,bem controverso. Adorei as suas considerações sobre a obra e até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oii,
    Eu só vi essa capa desse livro e não sabia que era um serie, mas a historia não me chama a atenção, por isso eu deixo a dica passar, mas eu fico feliz que tenha gostado do livro :D

    Beijos!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Thay,
    Que bom que você gostou da leitura!
    Ainda não li, sempre ouvi falar dele, mas não sabia muito o que esperar, pois a ideia é bem diferente. Gostei da sua resenha e fiquei curiosa para ler a obra. Muito legal o West ter sido uma pessoa diferente ao final da leitura.
    Vou anotar a dica e espero ter uma impressão parecida com a sua.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Adorei a resenha.
    Mas preciso confessar que tenho um certo receio de ler esse livro, pois há algo que não me atrai. Parece loucura, mas não sei identificar o que é.
    O mais legal é ver que a protagonista é a lutadora.
    De qualquer forma, anotei a dica. Quem sabe mais para frente eu encare?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Amei a resenha e estou super ansiosa para ler esse livro. Já queria antes e agora a vontade só aumentou!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Thay,
    Li o primeiro livro dessa série.
    Acho que só não continuei acompanhando porque as histórias são independentes.
    Realmente a escrita da autora é muito boa e fácil de ler e sua resenha me deixou até com vontade de pegar esse livro.
    Já gostei que o protagonista muda, gosto quando a narrativa traz um amadurecimento do personagem e esse ainda tem uma mocinha que parece ser bem girl power. *-*

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  13. Oi Thay, tudo bem? Eu não curto muito o gênero, então confesso que não leria. Mas curti sua resenha :) É bom quando um personagem cresce e se transforma tanto né?
    E pelos seus comentários foi isso que aconteceu.
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. eu queria ter ido pro Mochilão,mas tava viajando no dia... que bom que tu curtiu à beça o livro e a escrita da autora... só ouço falar mas nunca li nada dela, é que o gênero não é lá minha vibe, entende?
    espero que vc possa ler os demais da série...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Todo mundo fala muito bem desses livros e vejo que com você não foi diferente ne? A capa desse livro me atrai e como amo um bom romance não vejo a hora de poder ler esse livro.Fico feliz que você gostou da escrita da autora isso é fundamental.Beijos

    ResponderExcluir
  16. OI!!



    Tudo bem?


    QUe bom que o livro conseguiu transmitir todas essas imagens positivas, que mesmo sendo o quarto da série você conseguiu se situar. O enredo é bem criativo e mesmo com esse cenário triste é percepitivel que os protagonistas são bem diferentes em vários contextos e que estão sendo unidos ocasionalmente pelo destino. Não é uma obra que leria nesse momento,mas é bem cativante. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi tudo bem?
    Olha eu já conheço os livros dessa série de vista e alguns outros blogs, mas não consigo me sentir atraída a fazer a leitura e nenhum dos livros por isso apesar da sua excelente resenha vou deixar a dica passar que sabe outro momento não é? por enquaquem não.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá, já conhecia a série, e até comecei a ler o primeiro livro da serie, mas para mim a leitura não fluiu então eu desisti, não sei se irei retomar ela um dia, mas pretendo pois abandonar livros é algo que eu não gosto de fazer.

    ResponderExcluir
  19. Olá, Thayenne! Não conhecia o livro e me pareceu ser bem diferente do que eu imaginava pela capa e título. Isso é bom!rs O livro não chega a me atrair, mas a sua resenha passa bem a ideia de que é uma boa história.
    Parabéns!

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Você foi ao Mochilão da Record, que bom, hein! E que bom que você gostou do livro que ganhou. Acho que você devia estar com muita vontade de ler o livro mesmo, pois não se importou de começar pelo quarto volume. Quanto a mim, não curto muito o gênero, mas gostei de ler sobre as suas impressões.

    Tatiana

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo