Curta e fique por dentro!

[Resenha] O Inferno de Gabriel.


Título original: Gabriel's Inferno
Autor (a): Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
ISBN: 9788580411263

Sinopse: A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher. Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir. Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.

"Talvez sua vida pudesse ser descrita como uma série de curvas erradas."

Julianne Mitchell, ou só Julia, é apaixonada por Gabriel desde que o conheceu (e até mesmo antes disso), quando tinha apenas dezessete anos. Esse amor perdurou por anos e mesmo Julia tendo mudado, o sentimento não mudou. Aos vinte e três anos, ela finalmente reencontrará seu amor "perdido".

Mas, dois problemas os separa. Primeiro, Gabriel é professor de Julia, e relacionamento entre aluna-professor é estritamente proibido. Segundo, Gabriel não parece se lembrar dela. E Gabriel por não lembrar que já se conhecem "intimamente", é grosseiro com Julia no primeiro dia de aula (e em alguns outros que se seguiram), deixando os outros alunos e até mesmo Julia surpresos.

Entre tapas e beijos o relacionamento (se é que pode ser chamado assim) vai ficando mais amigável, principalmente quando Rachel, irmã de Gabriel, passa uma temporada na casa do irmão, e é quando o Gabriel descobre que Julia e Rachel são amigas de anos.

Essa nova amizade entre eles é estrranha para ambos, já que vem carregada de tensão sexual, mas ambos sabem que não pode haver nada entre eles. Contudo, é difícil resistir a tentação, não é mesmo? 😈

"Sempre tive uma queda por coisas bonitas e tristes."

A primeira vez que li esse livro eu era muito nova, e não conseguia entender exatamente o que o autor quis passar. Tudo o que eu me atinha em relação ao livro era o romance. Por isso, agora, anos depois, decidi relê-lo para saber se teria uma opinião diferente e porque estava com saudades do Gabriel (confesso) 😍.

Por conta de seus passados, ambos se tornaram pessoas diferentes desde o primeiro momento em que se conheceram. Gabriel se tornou amargo e um pouco deprimente, enquanto que Julia por ter tido um relacionamento abusivo, se tornou uma mulher submissa e temerosa em relação as outras pessoas, não gostava e não conseguia se impor. Após se reencontrarem, um ajudará o outro a se livrar das bagagens emocionais e se tornarem quem eles realmente são. Sou completamente envolvida com esse casal, apesar de pequenas ressalvas.

"– Já estou viciado em você, Beatriz. Só que você é muito mais perigosa que a cocaína."

Apesar do enredo encantador, eu achei a escrita do Sylvain um pouco arrastada, mesmo quando tinha alguma cena mais interessante a narrativa comtinuava um pouco cansativa. Porém, o autor compensou isso nas cenas em que falava sobre Dante ou qualquer outro fato histórico, pois ele é tão bom no que abordou que me deu vontade de saber mais sobre esse universo.

Personagens descobrindo o que querem e quem são. Um relacionamento complicado e proibido. Muitos fatos históricos (acredito eu que isso seja histórico, sempre fui ruim em história, sorry) e interessantes, que me fazia ter vontade de conhecer as histórias ou até mesmo os locais. Duas pessoas totalmente perdidas e quebradas, que juntas tentaram o seu melhor para conseguirem se manter na superfície. Um romance que vai sendo construído aos poucos, mas que encanta desde o primeiro momento. Assuntos polêmicos sendo abordados e muito bem desenvolvidos. Personagens carismáticos e apaixonantes, assim foi a leitura de O Inferno de Gabriel para mim :)

Beijos e até o próximo post!

17 comentários:

  1. Confesso que não gosto desse gênero, mas ganhei o livro o Julgamento de Gabriel, pela capa achei que era algo relacionado com anjos suhsauh. Mas estou reorganizando minhas leituras e com certeza esse livro esta na minha lista! Ótima resenha!
    http://detudo-umtodo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu li e gostei muito do livro, do Gabriel, da Julianne. No início achei que seria um livro chato ,mas acabei me surpreendendo.
    Gostei muito da resenha!!
    Meumundomeusbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu li e gostei muito do livro, do Gabriel, da Julianne. No início achei que seria um livro chato ,mas acabei me surpreendendo.
    Gostei muito da resenha!!
    Meumundomeusbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu gosto muito de Dante, então, mesmo com algumas coisas que o autor enrola na história, ainda assim gosto da trilogia.
    Realmente não é um livro que todos vão amar.Mas que bom que na sua releitura, vc entendeu melhor e gostou do livro.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Paixão proibida é o tipo de cliché que não tem como não gostarmos né. Já tenho essq trilogia mas até hoje não li, realmente gosto da sinopse, capa e tudo mas me falta coragem. Sua resenha está ótima, aliás!

    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu adoro Dante e as citações a ele é a única coisa que me interessou no livro, mas uma das coisas que mais me afasta de um livro são romances entre tapas e beijos, ou romances yoyo, gente me irrita de um tanto, por isso não tenho muita vontade de ler essa trilogia, ainda mais com uma leitura arrastada =/
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Quando li a obra, também amei a forma como o autor fala sobre Dante e fiquei super interessada em saber mais na época.
    Achei algumas partes meio cansativas também pelo fato de algumas repetições.
    E a forma como ele é tão arrogante e estúpido acabou conquistando meu coração kkkk era incrível ver as oscilações de humor de Gabriel!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Esse não é meu gênero de livro, por isso não procuro saber sobre, mas minha tia leu e teve uma experiência parecida com a sua. Também sou ruim em história, não gosto nem um pouco =D
    Ótima resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho curiosidade com esse livro, acho a trama super atraente e espero que eu goste quando (um dia) realizar a leitura. Saber que a escrita é um pouco arrastada, me desanima um pouco mas não desisto kkk

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Menina... eu sou completamente apaixonada por essa série hahaha
    A sua resenha está linda, mesmo achando a leitura arrastada e tal. Achei também que o ponto chave do livro sempre foi a parte da Divina Comédia.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  11. Ola Thay já tentei ler esse livro e o que me fez abandonar foi justamente a leitura ser maçante e parada, acredito que isso incomode alguns leitores outros não, mas definitivamente não me conquistou. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Esse livro nunca me interessou e infelizmente ainda continua me desinteressando kkkkk, a premissa não me convenceu, embora sua resenha tenha ficado ótima e os quotes bem escolhido. Saber que a escrita é meio arrastada não ajuda também. kkkk
    Mas parabéns pela ótima resenha.

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Li esse livro no ano passado e simplesmente amei a história. Já gostava da obra de Dante e ter um romance como embasamento, foi maravilhoso. Só a protagonista que por ser muito inocente me irritou um pouco, mas ainda assim essa é uma das trilogias mais lindas que já li.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  14. Oie
    nunca tive curiosidade de ler essa série, na verdade é um gênero que fujo bastante, mesmo assim, boa dica e resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Quando a serie estava no hype, fiquei muito curiosa para ler e saber o que o Gabriel tem,hahaha, mas depois de um tempo, passei para outros tipos de leituras e a vontade passou. Não o leria por agora, mas quem sabe mais para a frente não o leia e me interesse pela serie toda.

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Isso do autor ser bom falando sobre Dante ou qualquer outro fato histórico foi a única coisa que me atraiu no livro, mas não o suficiente para realmente querer ler, essa escrita arrastada me incomodaria. Passo a dica.

    ResponderExcluir
  17. Olá Thay!!!
    Eu amo essa trilogia e claro amo a Julia e o Gabriel.
    Também, tenho que reler esse livro pra relembrar mesmo S2
    E uma coisa que tenho que admitir por causa do livro fiquei doida pra ler Danre e sabee um pouco mais sobre essa história rsrs

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo