Curta e fique por dentro!

[Resenha] Espelhos dos Olhos.


Autor (a): Nicolas Catalano
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Ano: 2015
ISBN: 9788542805642

Sinopse: E se por causa de uma revelação sua vida mudasse? E se por causa de ser quem você é as pessoas te julgassem sem ter conhecimento algum? Revelar-se, às vezes, pode não ser uma boa ideia. Mas é preciso. Enquanto Evangellyne Allins tenta sobreviver a uma Escola tirana, num país onde a cor dos olhos, Elites e Classes de Talento são o que importa, a vida de seu querido pai está em risco. Será que valerá a pena enfrentar todos os seus reflexos mais profundos e íntimos pela pessoa mais amada? Tortura. Medo. Aversão. Evangellyne será forçada a descobrir-se e obrigada a arcar com as consequências desoladoras de sua revelação; e seu Espelho dos olhos a transformará inconscientemente.

"Pois, se nem mesmo o céu, que é tão grandioso e infinito, consegue estabilizar-se ficando apenas com uma cor, como nós, "meros pequenos mortais", conseguiremos?"

Remi Claus era um cientista muito conceituado. Seu maior desejo era criar uma nova espécie de humanos. E foi daí que surgiu a ideia de criar o trans-humanismo, que consistia em humanos com habilidades especiais e únicas.

Remi perdeu a esposa Fárfara num assalto e desde então passou a usar as filhas como cobaias para seus experimentos. Elas eram as maiores apoiadoras de Remi, e assim como o pai eram fascinada pela ciência.

Depois de muitas pesquisas, entre erros e pequenos progressos, quem acabou acidentalmente descobrindo o ingrediente que faltava foi Brigit, após uma noite de sonambulismo. Com o tempo, Remi conseguiu criar a Classe de Talento, no caso humanos com habilidades únicas, e dentro de algumas das classes existem as subdivisões, já que a cor da iris da pessoa definia quais suas habilidades.

Décadas se passaram e uma nova forma de governo foi montada, quando um adolescente chegasse a idade de 17 anos seria obrigado, por lei, a participar da Viagem de Busca, os adolescentes que fazem parte de uma Classe de Talento e que tenha uma boa renda deveria ir para a Escola Talental, onde seria instruído a que subdivisão seria a melhor escolha e lá a pessoa receberia o Certificado Comunal Humano, basicamente um certificado que garantirá que você seja "alguém na vida".

Mas, Evagellyne Allins é uma exceção a regra. Ela chegou aos 17 anos há algum tempo, contudo sua suposta Classe de Talento não surgiu, por ter os olhos verdes ela deveria pertencer a Classe de Glorificadores. Só que um incidente envolvendo o vice-rei, Atlas Cruxvil, faz com que uma Classe se manifeste, mas ao contrário do que ela imaginava, foi a Classe Vocalizadora que se fez presente. E graças a isso, Atlas junto com sua guardiã, Zabeth, a levam para a Escola Talental e ameaçam o pai de Evagellyne caso ela não consiga passar nos tirocínios.

"Só queria entender o porquê dos porquês. Por que minha vida sempre foi e é uma completa bagunça."

Eu já tinha lido resenhas sobre esse livro, e por ver uma tabela indicando como funcionaria as Classes de Talentos e suas subdivisão, acreditei que seria uma história muito difícil de engatar. Só que me enganei. A proposta do livro é muito original, não há nada que possa ser comparado com esta obra, é uma ideia brilhante e inovadora.

Passei um bom tempo imaginando como escreveria essa resenha sem passar informações demais. Escrevi e apaguei tantas vezes, que perdi as contas. Mas, finalmente, consegui 🙌🏼. Todo o começo do livro é dedicado a uma explicação detalhada e rica nos detalhes sobre como surgiu as Classes de Talento e todo esse universo, tão diferente e encantador (por um lado). Por isso, no começo a leitura é bem lenta, pois devemos prestar atenção as entrelinhas, o autor conseguiu abordar questões muito pertinentes à sociedade em que vivemos.

Apesar de a maioria dos personagens serem excêntricos, muito deles, na minha opinião, eram chatos. Pessoas insuportáveis com quem eu não gostaria de viver, mas Evagellyne não teve muita escolha, teve que conviver com pessoas odiosas e deslumbradas, e ainda assim não perdeu sua essência, seu bom coração. Admiro muito a personagem por sua coragem, já que basicamente ela era uma "caipira" na Escola Talental, ela veio de uma ilha muito pobre, onde a informação era mínima e mesmo assim conseguiu se sair muito bem durante sua passagem na escola.

Fiquei muito aborrecida com o final 😡. Quando finalmente vamos entendendo tudo aquilo que achamos estranho ou extremo, a história acaba e eu fiquei assim 😱. Juro, que pensei que tinha folhas faltando no meu exemplar. Eu estava super empolgada, pois no finzinho é repleto de ação e coisas incríveis acontecendo, e quando me dei conta acabou 😕. Não vejo a hora de lançarem a continuação e eu poder descobrir em que pé ficou a história.

Se você é fã de distópias, fantasia, livros com propostas únicas, com personagens fortes e motivadores, com muita ação, muito suspense, muito segredos embaixo do tapete, esse livro definitivamente é para você. Se mesmo que você não goste de nada que citei antes, dê uma chance ao livro, prometo que não irá se arrepender 💙.

Beijos e até o próximo post!

Um comentário:

  1. O livro parece ser muito interessante, adorei sua resenha!

    www.misteriosliterarios.com.br

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo