Curta e fique por dentro!

[Resenha] O meu (bom) vizinho da frente.


Autor (a): Andreia Hipólito
Editora: Chiado Editora
Ano: 2014
ISBN: 9789895112487
*Livro cedido em parceria com a editora*

Sinopse: Por mais que se perguntasse que mal fizera a Deus, Kyria não conseguia se lembrar de nada assim tão mau. De fato, não lhe passava nada na mente cada vez que pensava em seu vizinho da frente. Principalmente, porque cada vez que o via, ou ele estava nu ou com um pobre pedaço de pano a cobrir toda aquela gloriosa extensão de pele. E o problema não era abrir a porta da casa todos os dias e se deparar com tal visão. De todo. Mas porque aquele loiro atrevido de ser assim tão irritantemente frustrante? A única coisa que queria era encontrar um emprego rapidinho e ter a sua tão desejada independência. Só não contava que o seu jovem coração se pusesse aos pulos cada vez que aquele idiota olhava para ela com aqueles tão profundos olhos azuis.

"– És divertida. – ele murmurou no fim.
– Desastrada, queres tu dizer.
– Divertidamente desastrada."

Kyria Courtland tem apenas dezoneve anos quando se mudou para o pequeno apartamento onde mora. Ela só se mudou porque queria ser mais independente, poder fazer as coisas mais livrementes e de acordo com suas vontades. Já que quando morava com os pais, que são super protetores e não deixavam que ela tivesse as experiências comuns da adolescência.

No seu primeiro dia no apartamento, Kyria ficou muito ocupada, pois tinha muitas coisas a organizar e pouco espaço. Ao fim do dia estava completamente cansada e precisava de um bom descanso. Tomou banho e se deitou, mas o som alto vindo do apartamento da frente a impediu de dormir, e isso se seguiu por toda a madrugada.

Depois de dormir só duas horas, Kyria decide ter sua vingança, ela liga o som nas alturas e começa a desembalar suas coisas. Batidas a sua porta a alertam da raiva de seu vizinho. Tranquilamente, ela abre a porta e se depara com um deus grego coberto apenas por um fino lençol. Gabriel (o vizinho) reclama do som, ela rebate suas críticas, ele a irrita tanto, que ela puxa o lençol que cobria seu corpo e bateu a porta na cara dele, deixando-o pelado e trancado fora de seu apartamento.

E foi assim que começou o jogo de gato-e-rato deles. A cada nova coisa que um aprontava, o outro ia lá e rebatia, gerando cenas hilárias e situações muito divertidas. Até que um precisou do outro e daí surgiu uma amizade, que os levou a terem mais intimidade, o que levou a algo mais. Basta saber se esse "algo mais" será o suficiente.


Por ter sido muito "sufocada" pelos pais, Kyria deseja a liberdade, mas ao contrário do que imaginei, ela não se jogou de cabeça nisso. Ela passou tantos anos sendo cautelosa que isso ainda persistiu no começo, Kyria faz tudo com calma e depois de pensar muito, e isso é parte de sua personalidade.

Gabriel Daventry é mais intenso, mais solto, pelo menos quando está longe dos pais, que desejam um neto, e apesar de não ser filho único, essa responsabilidade ficou toda em cima dele. Veio de uma família rica e tende a ser mimado. Porém a mais coisas legais a se dizer sobre ele do que ruins. O que adorei, pois nesse gênero é muito fácil de encontrarmos os bad boy, e Gabriel sai dessa mesmice.

Esse é o primeiro livro que leio em outro idioma, e mesmo o Português de Portugal sendo mais fácil do que outros idiomas, há algumas pegadinhas, pois lá eles usam palavras que eu desconhecia, além de algumas que usamos aqui no Brasil, mas com um significado diferente.
Foi uma experiência legal e que me tirou da minha zona de conforto. Mas, não se preocupem é fácil ler o livro, apenas o começo pode ser difícil de se habituar.

Uma estória divertida, do tipo de você chorar de rir, com personagens alegres e uma narrativa deliciosa, que você fica ansiando por mais e mais, e quando vai ver o livro acabou, além da fluidez da escrita da autora.

A capa e a sinopse dão a impressão de que o livro pode conter cenas quentes, e sim há algumas, mas são poucas. Então, quem não gosta muito desse tipo de cena, pode simplesmente pulá-las, já que são poucas.

E aí, já leram? Gostaram? Comentem aqui embaixo, adoraria saber o que acharam. Beijos e até o próximo post.

20 comentários:

  1. Deu vontade de ler...
    Vou colocar na minha lista, que só aumenta. Kkkk

    ResponderExcluir
  2. Oi Thay, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas deve ser interessante sim. A capa pode demonstrar um romance que apresenta cenas mais quentes, mas é bom saber que há, mas na medida certa pelo visto. Se tiver a oportunidade irei ler.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Oi Thay, não conhecia o livro e fiquei interessada por dois motivos: primeiro porque você falou que é um livro divertido e eu simplesmente adoro enredos que me façam sorrir. E outro motivo é porque nunca li nada em português de Portugal e acho que seria um grande ganho de vocabulário.
    Adorei a dica
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Que legal você ter lido o livro em outra língua! Costumo ler alguns em espanhol e acho bem divertido descobrir novas palavras.
    A história é um tanto quanto clichê, já que logo no inicio lembrei de um outro livro que li a algum tempo atrás. Porém esse tem características diferentes, lógico e clichês costumam me cativar, pois se gosto muito de um livro, posso ler um parecido logo após.
    Parece ser uma história bem diverta.

    Abraços, Lara.
    http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ah, sua última frase me deixou mais tranquila sobre o livro não ter tantas cenas quentes. Pela capa realmente imaginei que fosse ser só isso. Mas é um clichê de um vizinho de apartamento em que acabam os dois se pegando. Típico de livro de romance meio hot, mas dependendo de como é a história fica legal. Olha a pessoa aqui falando, a que já pegou o vizinho de apartamento. hahahahahaha

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Achei a história muito divertida. A protagonista é bastante forte e determinada. É legal a premissa de a protagonista precisar de independência, já senti isso algumas vezes e me identifiquei.
    Gostei do que ela fez com o Gabriel e fiquei curiosa para conhecer o desenrolar
    Espero ler em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Achei a história muito divertida. A protagonista é bastante forte e determinada. É legal a premissa de a protagonista precisar de independência, já senti isso algumas vezes e me identifiquei.
    Gostei do que ela fez com o Gabriel e fiquei curiosa para conhecer o desenrolar
    Espero ler em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu adorei a premissa da história. Adoro livros que são mais leves, divertidos, mas ao mesmo tempo passam alguma coisa além do que se lê ali. Eu não conhecia a autora, mas visto que a Chiado tem lançado tanta coisa boa, quero muito conhece-la. Que bom que você gostou do livro, fico mais tranquila quando for ler HAHAHAHHA beijo! <3

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esse livro e confesso que gosto de livros divertidos, mas esse não chamou a minha atenção :/ Eu já li algo da Chiado e realmente tem algumas coisinhas que nos pegam, né? kkkkk Enfim, gostei da dica, mas não é algo que quero ler no momento.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thayenne! Tudo bem?
    Bom, como não gosto muito de livros de romance, este livro provavelmente não entraria para minhas leituras. Mas achei muito legal essa sua experiência de ler um livro em português de Portugal. Nunca li nada assim e imagino que deva ter mesmo algumas diferenças. Também acho que a parte da comédia no livro deve ser bem divertida. Não planejo lê-lo, mas acredito que esta será uma boa dica para quem aprecia o gênero. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  11. Oiii!

    A capa dá mesmo essa impressão, que bom saber que é só uma impressão e que a história é divertida! Isso é muito legal e importante pelo menos para mim. Adoro livros nessa pegada então com certeza, faria uma boa leitura.

    Gostei da dica!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Olá, sabe que eu já li uma vez um livro com o português de Portugal e confesso que fiquei super perdida, acredita? mesmo com tantas referências do nosso português. Por isso eu acredito que eu não leria esse livro no momento, talvez mais para frente quando eu tiver com mais afinidade sabe? porque pela sua resenha a trama parece ótima!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  13. Não gosto de cenas quentes e não consigo simplesmente pulá-las. Mesmo sendo poucas, elas diminuem bastante meu interesse no livro, porque fico entediada quando as leio. Fora que o português de Portugal tem mesmo algumas diferenças que me deixam um pouco confusa... por enquanto prefiro não ler o livro.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Oi, flor.

    Eu não conhecia o livro, mas a trama parece ser bem legal. Eu gosto bastante de livros com cenas quentes, na medida do possível. E fico feliz que a trama é divertida e engraçada e que a narrativa é deliciosa. Eu também nunca li um livro de Portugal, mas espero um dia ter oportunidade de ler também.

    Amei sua resenha!
    Beijos!
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oie! Eu já li alguns livros da editora em português de Portugal e adorei. Acho interessante me aventurar por outras línguas e descobrir a forma de escrita dos autores portugueses.
    Realmente, se eu fosse pela capa, não leria a obra, pois não gosto de enredos com um lado mais sensual, mas adorei sua resenha e todos os comentários sobre as brigas do casal e fiquei curiosa para saber o que aproximará os dois e como eles lidarão com a relação. Fiquei com um pé atrás por conta do "gato e rato", porque simplesmente não suporto casal assim. No entanto, vou anotar a indicação e tentar ler futuramente. ^^

    Beijos,
    Fernanda Goulart

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a premissa desse livro! Eu ainda não o conhecia, mas estou apaixonada na sinopse e na resenha. Eu adoro livros assim, sempre nos rendem boas risadas. Fico feliz que tenha gostado do livro, pois ele realmente entrou na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  17. Fui totalmente enganada pela capa hahaha

    Eu estava me preparando para fazer cara feia enquanto lesse a resenha, mas mudei rapidinho, foi só entender que a história não gira apenas em torno de sexo que eu já comecei a desfazer a cara emburrada.

    Gostei muito da premissa deste livro, acredito que eu irei me divertir bastante com estes personagens, mas precisarei ignorar esta capa safadinha!

    ResponderExcluir
  18. Oi flor, tudo bem? Apesar da história parecer divertida com todo esse lance de briga de vizinhos, eu não curto romances e vou deixar a dica passar. Fica para uma próxima.
    bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  19. Ei, tudo bem?
    Adorei a premissa do livro e sinto que vou me divertir muito com ele. Também achei que seria um livro mais hot, mas mesmo tendo me decepcionado nesse aspecto, ainda estou curiosa para ler o livro.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  20. Ahhhhh já quero muito ler...
    Após ler suas impressões nao tenho dúvidas de que a história seja realmente muito divertida. Espero conseguir lê-lo porque fiquei muito interessada mesmo na história, nem sei o que eu faria com um vizinho desse hahaha

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo