Curta e fique por dentro!

[Resenha] Irresistível.


Título original: Seven Years to Sin
Autor (a): Sylvia Day
Editora: Hamelin
Ano: 2013
ISBN: 9788581861227

Sinopse: Há sete anos, na véspera de seu casamento, a recatada Jessica Sheffield presenciou uma cena de libertinagem que nenhuma jovem inocente poderia imaginar. Escandalizada, mas estranhamente excitada, ela guardou silêncio com respeito ao escandaloso Alistair Caulfield, e andou para o altar da igreja como esperavam. Mas durante anos de um casamento sereno e tedioso, a imagem de Caulfield ardeu em sua imaginação, alimentando seus sonhos mais ilícitos. Alistair fugiu para longe da tentação da recatada debutante com o fogo da paixão gravado em seus olhos. até o Caribe. Agora um comerciante rico, ele pouco tem em comum com o jovem libertino que ela conheceu. Mas quando Jessica, recém enviuvada, sobe a bordo de seu barco para cruzar o oceano, somente algumas peças de seda controlam sete anos de prazeres reprimidos e a certeza de que sucumbir consumirá a ambos.

"Planejei não depender de ninguém, mas veja como fiquei dependente de você."

Jessica Sheffield vem de uma família dominada pelo machismo, seu pai chega a ser opressor. Durante anos, ele tentou ter um filho homem, e quando isso aconteceu a Sra. Hadley (mãe de Jess) acabou morrendo, e nem sequer conseguiu dar o filho homem que ele tanto queria. Ele arranjou um casamento arranjado para Jess. Apesar de, Benedict Reginald Sinclair aparentar ser um bom homem, Jess não é apaixonada por ele, mas aceita ser sua noiva para satisfazer os desejos de seu pai.

Alistar Caulfield é conhecido por sua "rebeldia", por não acatar as pressões da sociedade. Ele fugiu das responsabilidades exigidas para um garoto de sua idade, se lançando assim numa vida desregrada. Alistar vem de família rica e para não deixá-lo ao léu, seu pai lhe deixou um barco e uma plantação de cana-de-açúcar.

Jessica ao levar sua cachorrinha para passear, acabou presenciando o encontro secreto de Alistair com Lady Trent, ao invés de ficar espantada e sair dali, Jess fica excitada e continua a assistir. Só que Alistair acaba lhe vendo, e nu como veio ao mundo se mostra para ela. Espantanda com suas emoções, Jess sai correndo e esbarra com seu noivo, que estava a sua procura.

Sete anos após esse incidente, eles se reecontram. Jess agora viúva, mas muito mais experiente nota o olhar de Alistar. E Alistair que sempre foi um devasso decide que já passou da hora de deixá-la saber de seu interesse. Mas, eles são como água e óleo, eles farão dar certo? Ou melhor, a sociedade em que ela vivem os aceitarão?

"Ela conhece o pior de mim e me ama a despeito dos meus erros. Ou justamente por causa deles, porque me fizeram ser como sou agora."

Jess é uma mulher forte e inteligente, e aqueles que a cerca só a conhece superficialmente, ela não deixa que as pessoas a conheça por medo (ou insegurança). Assim que conheceu Alistair se viu atraída pela virilidade que ele emanava, mas por ser mais novo, e por seu pai ditar como seria o seu futuro, ela acabou casando com outro. E nos anos que se seguiram evitou Alistair ao máximo, para que não caísse em tentação.

Alistair tem um segredo sobre sua paternidade, e nem mesmo seu melhor amigo, Michael (cunhado de Jess), sabe. Mas, após passar alguns dias na companhia de Jess, ele se sente confortável em compartilhar a verdade. Alistair teve que enfrentar muitas coisas para alcançar o sucesso e a estabilidade financeira que alcançou, muito do que fez para alcançar o êxito não são coisas do que se orgulhar, mas ele sabe que não há como mudar o passado, e espera que sua amada entenda isso.

Tenho uma relação de amor e ódio com os livros da Sylvia. Ela tem uma escrita muito boa, cativante e fluída, personagens com características únicas, mas quando é na hora de desenvolvê-los, ela não o faz com a perfeição que sei que ela é capaz. Ela opta por focar muuuuuuito nas cenas de sexo, e acaba deixando outros pontos - como o desenvolvimento dos personagens - a desejar.

O Submarino fez uma promoção e os livros dessa série - que não sei o nome - estavam por 26,43, todos os três livros. Não pude perder, comprei. Decidi que iria dar uma chance ao livro, deixar minhas experiências passadas com a autora no passado, e apenas aproveitar a leitura. No começo foi muito fácil, pois como disse a escrita da autora é incrível! Mas, por ser em demasia as cenas de sexo me deixavam entediada, não tinha vontade alguma de continuar a ler "mais do mesmo", e por isso foi muito difícil finalizar a leitura.

Contudo, o livro não há só pontos negativos, há os positivos também. Por se tratar de um romance de época, vemos como a sociedade se comportava antigamente, como o machismo era dominante e as mulheres submissas. Mas, como em todos os livros do gênero (pelo menos nos que já li), a protagonista tem uma mente a frente de seu tempo e por isso decidiu viajar, e por meio disso vemos as dificuldades que as mulheres solteiras ou viúvas enfrentavam ao viajarem. O que achei bem interessante foi que naquela época existia os chamados piratas, e a autora abordou esse assunto com muita dedicação. Outra coisa que gostei foi o romance, tanto a Jess quanto o Alistair estavam atraídos há anos, mas colocaram essa atração em segundo plano para fazerem o que acreditavam ser o certo, e mesmo que anos tenham se passado, nada no sentimentos dele mudou. E fiquei muito feliz com o final que tiveram, me emocionei bastante, pois torcia muito por eles e sabemos que nem sempre o livro seguirá aquilo que desejamos. 

E aí, já ouviram falar desse livro? Já leram? Gostaram? Curiosos (as)? Comentem aqui embaixo, eu adoraria saber. Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo