Curta e fique por dentro!

Resenha #111: Pequenas Grandes Mentiras.


Título original: Big Little Lies
Autor (a): Liane
Editora: Intrínseca 
Ano: 2015
ISBN: 9788580577358

Sinopse: Com muita bebida e pouca comida, o encontro de pais dos alunos da Escola Pirriwee tem tudo para dar errado. Fantasiados de Audrey Hepburn e Elvis, os adultos começam a discutir já no portão de entrada, e, da varanda onde um pequeno grupo se juntou, alguém cai e morre. Quem morreu? Foi acidente? Se foi homicídio, quem matou? Pequenas grandes mentiras conta a história de três mulheres, cada uma delas diante de uma encruzilhada. Madeline é forte e decidida. No segundo casamento, está muito chateada porque a filha do primeiro relacionamento quer morar com o pai e a jovem madrasta. Não bastasse isso, Skye, a filha do ex-marido com a nova mulher, está matriculada no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline. Celeste, mãe dos gêmeos Max e Josh, é uma mulher invejável. É magra, rica e bonita, e seu casamento com Perry parece perfeito demais para ser verdade. Celeste e Madeleine ficam amigas de Jane, a jovem mãe solteira que se mudou para a cidade com o filho, Ziggy, fruto de uma noite malsucedida. Quando Ziggy é acusado de bullying, as opiniões dos pais se dividem. As tensões nos pequenos grupos de mães vão aumentando até o fatídico dia em que alguém cai da varanda da escola e morre. Pais e professores têm impressões frequentemente contraditórias e a verdade fica difícil de ser alcançada. Ao colocar em cena ex-maridos e segundas esposas, mãe e filhas, violência e escândalos familiares, Liane Moriarty escreveu um livro viciante, inteligente e bem-humorado, com observações perspicazes sobre a natureza humana.

"Eu sou a única ainda ressentida. Dizem que não é bom guardar ressentimentos, mas sei lá, eu bem que gosto do meu ressentimento. Cuido dele como se fosse um bichinho de estimação."

Madeline Mackenzie acabou de completar 40 anos, tem três filhos. Abigail, do primeiro casamento e Fred e Cloe de seu casamento atual com o Ed. Madeline não conseguiu superar o ressentimento que existe em relação ao seu ex, Nathan. Ele a abandonou, logo após ela dar a luz a Abigail, disse não estar pronto na época, mas atualmente é casado com Bonnie e tem uma filha chamada Skye, a quem ele protege e cuida como nunca cuidou de Abigail. Para piorar a situação moram todos no mesmo bairro, e Skye e Cloe estudam no mesmo colégio, ou seja terão que se ver constantemente.

Celeste é uma mulher linda, deslumbrante (e sem precisar de maquiagem para isso) e rica, considerada por todos uma mulher de sorte. Celeste é casada com Perry White e tem dois filhos, os gêmeos Josh e Max. Todo mundo acredita que eles tem o casamento perfeito, mas o que eles pensariam se soubessem a verdade?

Jane é mãe solteira, tem 24 anos, e é de longe a mãe mais nova do colégio que seu filho frequenta. Engravidou de Ziggy após uma única noite de sexo casula, Jane que nunca foi de fazer isso acabou tendo uma baita surpresa. Teve que abrir mão da faculdade para se dedicar ao papel de mãe, e apesar disso não se arrepende. Não consegue passar mais de seis meses morando num mesmo local, mas ao chegar na Praia de Pirriwee, acredita que será diferente.

Madeline e Jane acabaram se conhecendo na manhã antes da orientação escolar das crianças, após Jane ajudar a socorrer Madeline, que acabou torcendo o tornozelo. Como agradecimento, Madeline leva Jane para o afé Bue Blue onde se encontraria com Celeste para comemorar seus 40 anos. E naquela manhã surgiu uma amizade entre essas três mulheres tão diferentes.

Acontece um incidente na escola, entre o filho de Jane, Ziggy e Amabella (não escrevi errado, não, o nome da criança é esse mesmo), filha de Renata, uma mulher arrogante e chata. E isso acaba gerando uma panelinha entre os pais. Percebemos o quanto isso afetou a civilidade deles quanto seis meses após o incidente, alguém acabando morrendo na reunião de pais, e a polícia não consegue definir quem é o culpado, mesmo com inúmeras pessoas no local.

"Não contará a ninguém. Engolira tudo e fingira que o episódio não significava nada, e, com isso, passara a significar tudo."

Já é o segudo livro que leio da Liane e cada vez me encanto mais com a escrita da autora, ela consegue manter o suspense por todo o livro, até o momento da revelação, e você se pega desconfiando de todos os personagens, sem saber ao certo quem é realmente o culpado, se é que tem realmente um culpado.

Além disso a crítica da autora a aquelas pequenas mentirinhas que contamos no dia-a-dia, é como um balde de água fria sobre o leitor. Afinal, quem nunca mentiu e acabou sendo descoberto depois? As gravidades das nossas mentiras variam, mas sempre terão uma consequência, e como bem sabemos nem sempre elas são agradáveis.

A Liane ainda irá abordar assuntos como abuso sexual, bullying, aparências e a dificuldade que temos em superar certas coisas, tudo isso acompanhado de uma narrativa fluída e leve, e de personagens marcantes pelo quais ficaremos na torcida, e que encontramos em nós muitas das características apresentadas.

Eu gostei muito do livro, conseguiu me prender do início ao fim. E ainda tem muitas certas divertidas, daquelas de a gente dá gargalhadas e pensar: 'aaah, Madeline tem o mesmo pensamento que fulana minha amiga'. O final foi sensacional, a autora conseguiu interligar todas as estórias que vão sendo apresentadas no decorrer da estória sem deixar nenhuma ponta solta. E juro, eu nunca iria adivinhar quem era a vítima e quem era o culpado, NUNCA! Livro mais do que recomendado. 

E como se o livro não fosse bom o suficiente ganhará uma série de tv, que terá Shailene Wood como Jane, Reese Whiterspoon como Madeline e Nicole Kidman como Celeste, estou muito ansiosa e empolgada para a série e pelos atores que estão sendo selecionados, a série promete ser um sucesso! Por isso não perca tempo, corra para comprar o seu exemplar de Pequenas Grandes Mentiras.

P.s: quero ver quem acertará quem falou os quotes postados aqui nesse post ;)

E aí, já leram? Ficaram curiosos? Gostaram? Deixe aqui embaixo seu comentário, eu adoraria saber! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo