Curta e fique por dentro!

Resenha #97: Assassin's Creed - Revelações.


Título original: Assassin's Creed - Revelations
Autor (a): Oliver Bowden
Editora: Galera Record
Ano: 2013
ISBN: 9788501400000

Sinopse: Escrito por Oliver Bowden, o livro traz de volta o herói de Renascença, o primeiro livro da coleção. Mais velho, sábio e ainda letal como nunca, o Mestre Assassino Ezio precisa refazer os passos do legendário Altaïr numa jornada de descoberta e revelações. Uma perigosa jornada que o leva até Constantinopla, o coração do Império Otomano, onde um exército de Templários planeja desestabilizar a região.

"Sim, as pessoas desejam a verdade, mas, mesmo quando elas a têm, recusam-se a vê-la."

Enzio Auditore acabou caindo numa armadilha. Ele não consegue acreditar que viajou para tão longe e por tanto tempo para ser pego, ele até tenta lutar, mas a cada 10 que ele mata, 20 surgem no lugar. Por conhecerem sua fama, o prederam numa das torres mais altas da fortaleza de Masyaf, que antes pertencia a Ordem dos Assassinos e foi tomada pelos Templários (os mesmo que o capturou), e além de retirarem todas as suas armas, Enzio se recusava a comer com medo de que drogassem sua comida.

Enzio foi capturado durante sua busca pelos instrumentos que tinham o poder de dominar o mundo, e ele não queria que caísse nas mãos dos Templários, por isso reconstruiu a Irmandande (ou ordem) dos Assassinos em Roma, que tinha sido "desfeita" porque o antigo líder morreu. Enquanto estivesse viajando sua irmã, Claudia, seria a responsável pela ordem. Enzio, então, viajou até a fortaleza de Masyaf, pois encontrou uma carta do seu pai - já morto - informando que o (antigo) Mentor Altaïr inb - La'Ahad montou uma biblioteca embaixo da fortaleza, ele precisa chegar antes que seus inimigos descubram.

Depois de passar por várias situações difíceis, Enzio finalmente consegue chegar ao seu destino, mas ao chegar lá descobrirá que terá que ir em busca das chaves que abrem a biblioteca, e elas estão espalhadas por vários locais. Enzio contará com a ajuda de amigos para alcançar o que almeja.

"Em muita sabedoria há muita dor."

O livro é recheado de ação, quando você acha que finalmente terá um resultado, lá vai o Enzio para uma nova aventura, é envolvente e eletrizante de acompanhar. 

No começo a leitura não fluiu, não é um gênero que leio muito, na verdade nunca tinha me interessado por livros medievais até ler dois livros dessa série, não estou acostumada a este tipo de leitura. Mas depois da página 50, eu estava tão envolvida na leitura que não conseguia parar de ler. 
Eu não esperava ver romance no livro, mas terá uma parcela significativa na estória, já que o Enzio secretamente sempre teve o desejo por construir uma família.

Uma coisa que me desagradou, foi o fato de ter muitas palavras em outros idiomas e terem colocado o significado no final do livro. Eu tinha que ir pro final e voltar para a página que eu estava lendo, e isso aconteceram várias vezes, e foi um saco! Nem todas as palavras tinham seu significado o que deixou algumas frases sem sentido. Tirando isso, eu super recomendo o livro para os que gostam de ação e aventuras, entrelaçados a amizade e um pouco de romance (mais bem pouco).

"Existe um grande animal na África chamado de elefante. Dizem que ele nunca esquece. É o mesmo com as mulheres."

E aí, já leram? Gostaram? Querem ler? Deixe aqui embaixo seu comentário, eu adoraria conhecer sua opinião. Beijos e até o próximo post.


23 comentários:

  1. Não conhecia o livro, só o jogo e de nome, porque jogar mesmo não joguei.

    Não li o livro e o fato das palavras estarem só no final não me anima muito. Ao contrário disto, o fato de ser uma literatura medieval me animou bastante e, bom, mesmo que seja focada em aventura, sempre gosto que tenha um romancezinho, mesmo que pouco.

    Beijos,
    Mariana Baptista
    https://umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Menina!!! estou vou começar a ler A cruzada Secreta!!!!!
    Quando li o primeiro eu também achei que não fosse gostar, mas depois de algumas páginas eu já estava concentrada na leitura. Com o segundo foi a mesma coisa, demorei pra engatar mas depois foi. Acho que vai ser assim com todos os volumes kkkk
    Olha, não li a resenha pra não pegar nenhum spoiler, mas li o final e eu também não gosto quando tem palavras em outros idiomas, mas se a tradução vem logo embaixo é mais tranquilo só que quando é no final do livro, é dose.

    ResponderExcluir
  3. Nunca me interessei em ler este livro, sempre vejo meu marido jogando o jogo e acho que não faz meu tipo de leitura.. rsrs

    Adorei a resenha!


    Beijo
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Assim como você, eu não tenho a menor vontade de ler esse livro, pois tb não é um gênero que me chame atenção. Mas achei legal você dar uma chance. Eu acho que só o jogo eu iria curtir rsrs.
    Bj
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu sempre quis ler essa série, mas infelizmente ainda não tive oportunidade de ler. Gosto de aventuras e ação, então acho que este livro é bem recomendado para mim. Também não gosto quando a edição tem as explicações de algumas palavras no final, é bem melhor quando ficam no final da página.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie

    Eu comecei a ler e não fui persistente como vc. Larguei o livro logo no começo, talvez por não ter o costume também.
    Achei péssimo isso do significado das palavras só no final do livro.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Enzio, quase o nome do meu baby. O meu vai ser Enzo <3
    Eu não tenho interesse no livro, infelizmente não é meu gênero mesmo,mas meu amigo é louco para ler por conta dos jogos e tal.
    Que bom que depois das 50 primeiras páginas a estória te envolveu.
    ótima resenha.

    ResponderExcluir
  8. Olá linda,

    Eu jogo o game haha e estou louca para ler esse livro.
    Normalmente eles conservam alguns palavras no idioma original porque a tradução perderia o contexto da palavra e preferem colocar no final, assim acontece no livro Laranja Mecânica, no qual mais da metade do livro tem palavras inventadas e conseguimos entender o que significam só sabendo o contexto...é a experiência que os tradutores querem deixar para os leitores.

    Beijos!
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-o-enigma-das-estrelas.html

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu sempre vi muitas resenhas positivas a respeito desse livro, e a leitura dele com certeza sairia da minha zona de conforto, mas eu confesso que gostei da sua resenha. Eu achei a premissa do livro bem interessante, e acredito que a historia seja repleta de emoção.

    ResponderExcluir
  10. Sempre leio elogios para com a serie e é um dos jogos mais populares entre os fanáticos por video game, mas realmente não é minha praia. Nunca me interessei, embora exista uma legião de admiradores.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu já joguei muito o jogo e sempre tive vontade de ler, mas nunca deu. É uma série de livros que com certeza eu adoraria ler mais. Ação é um gênero que me faz sempre muito feliz, ainda mais quando tem bastante fluxo de informação rolando na história. Você me lembrou que preciso lê-lo kkkk

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Já tentei ler Assassin's Creed, mas não fui bem sucedida.
    Apesar disso, gostei muito da sua opinião, apesar de não querer tentar ler de novo.
    Achei ruim ter muitas palavras em outro idioma, isso me desanima :(
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Vejo bastante esse livro por ai, mas não me interesse por leituras assim. Tenho muita vontade de jogar o game,mas estou enrolando para comprar.
    Que bom que você curtiu e adorei esse quote final. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  14. Não gosto de enredos medievais, tenho o primeiro desse na estante que comprei pro meu marido por causa do jogo, mas nunca tive a curiosidade de ler.
    Acho que deveriam colocar as traduções em nota de rodapá, facilitaria e muito a vida do leitor.
    Enfim, essa dica eu passo, mas sua resenha está bem clara e direta.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  15. Nossa, eu ia ficar de cara se tivesse que ficar indo e voltando as páginas do livro também, para poder entender o que era, deveriam ter colocado no rodapé e olha que já li livros que era no rodapé e também me entendiou. Ainda bem que nunca tive desejo de ler esta saga.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Já ouvi falar muito nos livros de Assasins Creed e conheço algumas pessoas que lêem, eu gostaria muito de me arriscar ler pois parece ser muito bom. Essa coisa de ter que ficar indo no final do livro pra olhar significado de palavras é mesmo chato, mas olhando pelo lado bom pelo menos tem o significado, vai que não tinha né? Kkk
    Espero um dia ainda me arriscar a ler esses livros.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bom?

    Eu ainda não li nada dessa série, mas como meu irmão gosta bastante dos jogos, acabei comprando a coleção para ele. Porém, por não conhecer nada, nem me dei ao trabalho de ler, já que não tinha chamado a minha atenção. Porém, depois desse post,a minha curiosidade foi despertada hahaha

    Mas bem chatinho esse negócio de ter palavras de outros idiomas, hein? Acho que corta um pouco o clima da leitura, não?

    Enfim, obrigada pela dica!

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olha mesmo não curtindo historias medievais , tenho muita vontade de ler esta serie , acho que depois que li a as cronicas de gelo e fogo , estou com a mente mais aberta para o gênero sabe, alem do mais sempre leio muitas criticas positivas em relações aos livro, o que me motiva muito a lê-los

    ResponderExcluir
  19. Olá, eu já ouvi falarem muito desse livro mas confesso que eu não sinto nenhuma vontade de lê-lo, talvez pelo gênero ser muito diferente do que estou acostumada. Então por isso eu não leria ele, não no momento pelo menos.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  20. Algo no livro não me agradou muito, não fez a minha cabeça, embora tenha gostado muito da sua resenha. Mas o fato é que não me afinei com a obra. Acho que deve ser bem cansativo mesmo ficar consultando significado de palavras no fim do livro. Talvez se tivessem posto em notas de rodapé facilitasse um pouco a leitura.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  21. Olá. Adoro livros medievais, mas a série Assassin's Creed nunca me chamou muita a atenção, apesar de ter uma legião de fãs. Também não gosto de os significados das palavras estarem no final do livro, isso me irrita muito, por isso prefiro notas de rodapé, pois o significado e explicação de um termo fica na própria página em que ele aparece. Enfim, boa resenha e belo blog!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá Thayenne..
    Nunca ouvi ninguém reclamar sobre a tradução de Assassin's creed, mas é sempre bom ouvir outra opinião. Veja, o livro também tem um jogo, ou seja, ambos são adaptações o que complica muito colocar a linguagem dos jogos em um livro. Outra coisa, o mercado de tradução de games por enquanto é muito fraco no Brasil, além de sofrer grande preconceito do tipo: pra que vou investir em alguem que traduz jogos? ou pra que vou me preocupar com adaptações para livros... é complicado, mas espero que isso mude até pq os leitores merecem livros bons e legíveis.
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo