Curta e fique por dentro!

Resenha #92: Half Bad.


Título original: Half Bad
Autor (a): Sally Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
ISBN: 9788580577358

Sinopse: Nathan, filho de uma bruxa da Luz com o mais poderoso e cruel bruxo das Sombras. O adolescente vive com a avó e os meios-irmãos e é visto como uma aberração por seus pares. O Conselho dos Bruxos da Luz vê nele uma ameaça, que precisa ser domada ou exterminada. Prestes a completar dezessete anos – época em que todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom é finalmente revelado bem, como sua denominação como bruxo da Luz ou das Sombras –, agora Nathan terá que correr contra o tempo para achar o pai, que jamais teve oportunidade de conhecer, e salvar a própria pele.

"O truque é não se importar. Não se importar com a dor, não se importar com nada."

Neste universo existem três tipos de espécies. São eles os bruxos ou brux da luz, bruxos das sombras e os félixes, que são humanos e por isso não possuem magia. 
Nathan é um meio-código, ou seja filho de bruxo da luz com bruxo das sombras. E já aviso que isso é uma coisa inédita e o pessoal do conselho da luz não sabe o que fazer com ele, já que até o então momento nenhum poder se manifestou e odos os exames que fez foram inconclusivos.

Cora (mãe de Nathan) era casada com um bruxo da luz, o Dean, mas era apaixonada por Marcus - um bruxo das sombras - que acabaria por ser tornar o maior e mais perigoso bruxo das sombras.
Cora e Marcus se encontravam uma vez no ano, só que num desses encontros o Dean acabou voltando mais cedo do que o esperado, e após uma briga, Marcus o matou.
Algum tempo depois, ela descobre estar grávida. Cora acreditava ser possível fazê-lo passar por filho do Dean. Quando o Nathan nasceu as semelhanças com Marcus eram inegáveis, a começar pelo escuro do cabelo ao negro dos olhos.
Depois que o conselho descobriu a verdade, Cora se matou. Deixando além do Nathan, outros três filhos, que são eles: Jessica (a mais velha), Deborah e Arran. Jessica o culpa pela morte da mãe e torna a vida do Nathan um inferno, mas ele aceita tudo calado, e segue com essa culpa até descobrir a verdade.



Supostamente os bruxos da luz deveriam fazer o bem, mas conseguem ser mais cruéis que os bruxos das sombras. É revoltante de se acompanhar! As atrocidades a que eles submetem o Nathan no período em que ele foi capturado e mantido em cativeiro, longe de todos aqueles que ama. O pior é a falta de apoio, porque ao invés de se informarem melhor sobre o carácter do Nathan, a única coisa que importava realmente para eles era o fato dele ser das sombras, sendo que nunca fez mal a nenhuma mosca.

Já aviso aos leitores de Harry Potter, que sim, há fortes semelhanças em diversas cenas, porém relevem isso durante a leitura, pois isso não afeta em nada a leitura, só dá a sensação de "já li isso em algum lugar".
Eu achei a escrita da Sally muito fluída e envolvente. Quando comecei a leitura foi meio confuso, porque a autora começou a narrativa no futuro, depois voltou ao passado e retornou para o presente. Sim, eu sei que parece confuso e realmente foi no início, mas conforme você vai lendo as coisas vão se encaixando e fazendo sentido.

Gostei bastante da construção dos personagens, eles são únicos e marcantes a sua maneira. E a maioria tem um papel importante na estória, até aqueles que parecem ser insignificantes.
O Nathan evolui muito no decorrer da estória, principalmente se formos considerar sua idade, já que desde pequeno ele é perseguido pelo conselho dos bruxos da luz. Além de ser instruído pela sua avó a nunca falar sobre seu pai, mesmo que no fundo sempre existiu uma grande curiosidade por saber mais sobre seu pai, já que nunca o conheceu realmente.

P.s: Estou louca pela continuação, não vejo a hora de descobrir a sequência de um livro que teve um final e tanto. Se alguém quiser me dar de presente, estou aceitando hahaha.

Recomendo a estória para quem gosta de elementos sobrenaturais, ação e muitas aventuras.

Já leram? Gostaram? Há o interesse em ler? Deixe aqui embaixo seus comentários, adoraria saber a sua opinião. Beijos e até o próximo post.

26 comentários:

  1. Olha que legal. Adoro histórias com bruxos. Rsrs. Acho que influência de HP kk. Adorei a premissa do livro e com certeza vou ler. Só não gostei muito da capa.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  2. Apesar de parecer um pouco confusa, parece se tratar de uma história muito bacana, após entendê-la.
    Curto muito coisas místicas e seres fantásticos. Ótima resenha!

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  3. Bom! Eu realmente não leria o livro, pois não curto muito esse lance de bruxos em livros. Acho que é por isso que não consigo gostar de HP e se há algumas semelhanças, isso é um alerta para que eu fique longe de Half Bad kkkkk
    Não ligo se aparece um personagem bruxo em um livro de fantasia, mas se ele tem o foco principal e personagens bruxos principais aí já não vejo graça.
    Mas eu adorei sua resenha, muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  4. Oie! Conheço essa série pela Grazi lá do blog. Ela adora esse gênero, mas já não é algo que me chame tanta atenção assim, apesar de achar interessante a premissa. Quem sabe um dia eu leia. XD
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Adoro histórias com bruxo, mas essa série não chamou minha atenção =/
    Acho que é porque vi várias opiniões como a seu alerta de que se assemelha a Harry Potter. Me desestimulou sabe?
    Mas legal saber que as personagens foram bem construídas e que você gostou muito! Espero que leia logo a continuação.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Amiga uma das meninas do meu blog já resenhou esse livro
    e até achei bem interessante, mas eu não sei se faz muito meu gênero de leitura sabe? Espero poder ler assim que tiver chance, porque me parece ser muito boa a trama. Mas eu acho que não estou muito no clima para o gênero agora, mas quem sabe uma outra hora.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resumo-do-mes-de-janeiro-2016.html

    ResponderExcluir
  7. Fico meio assim de ter algo parecido com Harry Potter, por mais que eu ame a série♥, mas a trama é bem atrativa, e como adoro tramas com bruxos e tal vou ter que ler mesmo assim, rsrs. Que bom saber que é uma leitura que te fez querer ler logo a continuação!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Já tinha visto essa capa por aí, mas o livro não tinha me chamado a atenção. Sua resenha me deixou cheia de vontade de conhecer a história e me envolver com os personagens que como você disse, são marcantes. Já anotei a dica e pretendo ler em breve.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Eu acho que é praticamente impossível não ter obras que lembrem HP. JK inspirou muita gente e eu fiquei encantada por sua resenha! A obra parece ótima, muito bem escrita e eu já fiquei com raiva da forma como eles trataram o moço HAHAHAAH.

    Espero que o próximo livro seja bom!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Primeiro *Nathan* eu amo esse nome :) é o nome do meu filho !!!
    Bem, então, mesmo você tendo falado tão bem do livro, infelizmente, ele não me despertou interesse, não gostei da capa, nem da sinopse e pela sua resenha o livro é bem o que eu estava esperando mesmo, a sua resenha ficou boa, você soube se expressar bem mas eu é que não me interessei nele.

    ResponderExcluir
  11. Olá, gostei muito da sua resenha, foi a primeira que li do livro e até então não sabia sobre o que ele era. Acho que também me revoltaria ao ver os bruxos da luz fazendo maldades. Já quero ler.

    http://petalasdeliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá Thayenne,
    Eu gosto muito da premissa de Half Bad e tenho muita curiosidade de ler o livro, principalmente após ler sua resenha.
    Adorei você ter dito que temos algumas cenas parecidas com HP, pois acho legal termos essa ideia!
    Adorei os pontos que você levantou na sua resenha e estou muito curiosa.
    Espero que a continuação te surpreenda.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi! Estou com o livro aqui para ler e estou doida para começar e sua resenha só me deixou ainda mais ansiosa! Adoro livros com elementos sobrenaturais, e espero gostar desse. Parabéns pela resenha. Beijos.

    www.eicarolleia.com.br

    ResponderExcluir
  14. Eu morro de vontade de ler essas série, principalmente quando dizem que tem um Q de Harry Potter.
    Achei muito interessante o fato dos bruxos da luz não serem tão bonzinhos assim, afinal, mostra que todo ser humano possui trevas e luz dentro dele
    Fiquei bastante curiosa com sua resenha, não vou mais pensar duas vezes quando ver esse livro em oferta

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oiee ^^
    Mesmo não gostando muito de livros com bruxos, feiticeiros e companhia, tenho curiosidade de ler esse livro, mas acho que vou esperar as continuações primeiro. Fiquei aliviada quando você disse que os personagens secundários também são importantes na trama, e que o protagonista amadureceu durante a história. Conseguiu me deixar ainda mais curiosa ao mencionar o final...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Já li outras resenhas também positivas desse livro, mas ainda não foi o suficiente pra que eu me interessasse pela leitura. O pior, é que é de um gênero que gosto muito, mas estranhamente não me deixa curiosa. Saber que o personagem amadurece com a história é muito bom, mas ainda assim falta algo pra que eu compre a ideia de lê-lo. Outra coisa, tenho fugido de séries, talvez esse seja um motivo pra eu não ter me interessado. Mas fico feliz que a leitura foi boa pra ti, espero que os próximos te agradem tanto quanto esse.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Apesar da resenha super positiva, esse é um livro que eu não tenho muita vontade de ler. Gosto muito de estórias com seres sobrenaturas e tal, mas não gosto muito de bruxos, sem falar que no momento estou priorizando livros únicos, tenho tantas séries inacabadas que é impossível começar outras.

    Beijos!

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ola Thay lindona a capa já me encantou adorei, o fato de ter Bruxos e humanos me chamou atenção e para fechar com chave de ouro há crescimento do personagem o que é um ponto super positivo na leitura, gosto dessas evoluções dos personagens. Dica mais que anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Thay,
    Olha Já faz tempo que eu tenho muita vontade de ler esse livro.
    Essa premissa de bruxos me deixa um pouco com o pé atrás pois já
    tive muitas decepções por causa dela, mas ainda assim eu tentaria a
    sorte e faria essa leitura. Muito legal a sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem? Amei o livro e a resenha, amei, principalmente pelo fato de ter bruxos e classe de bruxos na história, dessa forma eu percebo que não fica tão genérico, tipo todos podem ter os mesmo poderes, nesse caso, há uma diferença muito grande e isso me cativa muito, com certeza esse livro está marcado na minha lista de desejados, beijos.
    Sthe - Blog
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. "supostamente os bruxos da luz deveriam apenas fazer o bem, mas conseguem ser mais cruéis do que os bruxos das sombras". Isso me lembra o quanto de crueldade já foi feita nesse mundo em nome do "bem", veja as cruzadas, por exemplo.
    Eu gosto bastante desses livros de fantasia, eles dão um sopro de fantasia nas nossas vidas. Quando bem escrito e envolvente, melhor ainda. Só sinto um pouco de falta dos livros únicos, mas entendo que é difícil terminar de construir uma história em meras 300 páginas. Às vezes, ela precisa de muito mais para ser compreendida.

    ResponderExcluir
  22. Na época do lançamento dessa obra eu fiquei bem curiosa por só conhecer HP de livros com bruxos, mas nunca vi resenhas tão surtadas sobre a obra então saiu da wishlist :/
    Não imaginava que os bruxos da luz seriam tão nojentinhos com o 'mestiço' e imagino que a certo ponto as semelhanças com HP sejam inevitáveis, para mim dá muita raiva livros com finais impactantes!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oiii,
    Nossa, vejo tanta gente elogiando essa série, sou louca apara ler, fora que a capa é linda né?!
    Eu adoro fantasias sempre me fazem viajar e sair da rotina. Acho que o legal dessa série é abordar bruxos de uma forma diferente né, memso trazendo as semelhanças que vc mencionou com o Harry Potter.
    Quero muito ler!
    Bjs
    Aline Lima
    Sempre Nerd

    ResponderExcluir
  24. Olá! Eu gosto de livros de aventura, mas a sinopse desse não me conquistou... Vou passar a leitura dessa vez, mas achei interessante a construção narrativa da autora, passando por passado, presente e futuro. Também gostei de saber que ela desenvolve bem a história e que há amadurecimento por parte dos personagens. Eles, inclusive, parecem bem reais, já que, como você disse, às vezes os 'bonzinhos' são piores do que os considerados vilões. Boa resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá, não conhecida essa série, gostei da sua resenha só de ter falado que existe uma semelhança com HP me deixaste curiosa para saber se realmente é tão boa, gosto muito de livros que fazem nosso imaginário trabalhar, com bruxos então é maravilhoso, vou deixar a sugestão mais que anotada.
    Beijos

    Giuliana

    ResponderExcluir
  26. Eii, ufa. Amo essa histórias! Principalmente de bruxos, depois de Harry Potter me apaixonei por esse tipo de literatura.
    Sua resenha me deixou ansiosa para ler esse livro que por sinal já anotei aqui na listinha dos desejados.
    Outro ponto que me chamou atenção foi a capa, chamativa e linda, ganhou meus olhos ♥
    Parabéns pela resenha e um beijo.

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo