Curta e fique por dentro!

Resenha #88: Checho de Anita.


Autor (a): Adriana Vargas
Editora: Ella
Ano: 2015
ISBN: 9788584050437

Sinopse: Anita é bookaholic assumida, e essa paixão pelos livros a fez criar o projeto Literando o qual realiza pedalando pela ruas da cidade, para transmitir a mensagem de um livro ao seu escolhido. Mas, de repente tudo muda em sua pacata vida ao se apaixonar por alguém que não conhece... Ela quis ser a “Anita de Checho”, e responde às cartas que chegam até ela por um simples erro do endereçador. Ani desafia a família que tenta impedi-la, e foge para São Sebastião a fim de se encontrar com seu futuro amor, vivendo 48 horas como se fossem as últimas. Após seu retorno para casa, algo perturbador a aflige - como fumaça, Checho aparece e desaparece de sua vida, e sua missão agora é descobrir o que de tão estranho acontece, que os impede de ficarem juntos.
Neste romance sobrenatural, carregado de emoções delicadas e amor pelos livros, nascem os sonhos e o desejo de realizá-los. 

"E você realmente percebe que ama alguém quando a olha nos olhos no momento em que ela não merece ser olhada. E descobre ali uma chance que sussurra em seu ouvido, ainda não acabou."

Anita tem um projeto chamado Literando, onde ela pega sua bike, escolhi uma playlist e sai pedalando pela cidade em busca da "pessoa certa". A cada dia há um livro diferente, que abordará algum assunto importante, e sua missão - literalmente falando - é encontrar alguém para quem a estória ajudará com determinado conflito.
Anita é uma bookholic - pessoas viciadas em livros -, que de tanto se perder nas estórias que lê, acabou um tanto quanto distantes das pessoas, o relacionamento dela com os pais é péssimo! E ela não sabe como reverter essa situação, apesar de desejar muito isso. Seus pais estão tão envolvidos com as próprias vidas que não tem tempo para reparem na Anita. E por isso, a Anita é muito solitária.

Mas, isso acaba por mudar quando ela recebe uma carta endereçada a uma Anita (que não é ela), porém com o número da casa diferente. Só que ao invés de devolvê-la ao carteiro, ela se passa pela outra Anita. O remetente da carta é o Sérgio ou Checho , como é mais conhecido. Através dessa carta se desenvolverá uma espécie de relacionamento, estilo namoro virtual só que com cartas.

Anita sabe que seus pais nunca aceitarão esse relacionamento, contudo está envolvida demais para terminar com tudo, ela sabe também que ambos não se conhecem o suficiente para terem algo real, mas acredita que se tiverem uma chance, tudo se encaixará.

"Preciso descobrir como fazer meu barco. Estou cansada de nadar contra a maré."

O relacionamento, enquanto ainda era por cartas, era algo legal e bonito de se acompanhar, e eu torcia para que a Anita e Checho ficassem juntos. Quando eles se encontraram e as cartas (finalmente) foram postas na mesas, e verdades são reveladas, ao invés de irem com calma, de examinarem o pós e contras, não, eles acabam apressando as coisas.
Eles mal se conheciam e deram um passo maior que as pernas, e disso eu não gostei nem um pouco, foi apressado demais. Eu senti que quando eles não se conheciam era real, mas que quando se conheceram se tornou algo diferente, precipitado. A família dela é contra, a dele também, mas insistem em ficar juntos. E em alguns momentos, me passou a impressão de que só estavam juntos para causar algo nos pais.
O Checho já é um adulto, mas algumas de suas atitudes não condizem com sua idade. Já a Anita tem uma visão muito romantizadas das coisas para tomar decisões certas. No meio de toda essa agitação, ela acabará se tornando amiga do Andreas, e descobrirá que ele mexe com ela mais do que deveria.

O livro abordará também todo um universo sobrenatural, que apesar de ter sido bem explicado e ser algo único, que nunca ouvi falar antes, não funcionou para mim. Juro que tentei me envolver com este universo, mas não rolou. Porém, independente disto a leitura foi muito agradável e super recomendo aos fãs de triângulos amorosos, romance, amizade e conflitos familiares.

"Ela me viu quando ninguém mais conseguia me enxergar, perdido, no meio da multidão."

Então, é isso! Beijos e até o próximo post. 

31 comentários:

  1. Olá Thayenne, tudo bem? Confesso que a premissa da história não chamou muito a minha atenção, não sou fã de triângulos amorosos rsrs Mas gostei muito da sua resenha, principalmente porque você foi sincera em relação as suas impressões do livro, parabéns!
    Outra coisa: Essa capa não te lembra a dos livros da Jojo Moyers? HAHA

    Adorei o Blog e já estou seguindo, te convido a visitar o meu! :)
    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu estou morrendo de vontade de ler esse livro, eu gostei muito da sua resenha e dos trechos que você separou. Não sei muito sobre a história mas o pouco que eu sei me desperta curiosidade.

    ResponderExcluir
  3. Oie.
    Sinceramente livros onde os autores apressam os acontecimentos me dá nos nervos, afinal tem várias páginas para desenvolver o assunto e sinceramente não me senti atraída pela história. Achei meia fantasiosa demais.
    Gostei da sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi tudo bem?
    Deve dizer que gosto de um triângulo amoroso e fico bem brava sabe? rsrsr mas não resisto e sempre acabo lendo.
    Só a capa que não achei de acordo com a estória sabe?
    Mas quero muito ler,
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Olha eu já tinha tido interesse em ler esse livro
    Até coloquei na minha lista de desejados se não me engano, porque eu vi uma resenha positiva sobre ele que gostei muito, mas agora vendo a sua fiquei confusa em fazer a leitura rs

    Mas eu acho que isso também vai variar de pessoa para pessoa.
    Espero poder ter a oportunidade de fazer a leitura para tirar minhas conclusões. Vamos ver né?

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/felicidade-define-renovamos-com-editora.html

    ResponderExcluir
  6. Olá Thayenne, tudo bem? Gostei muito da sua resenha, já a sinopse do livro não me agradou muito. Talvez eu esteja fora da curva do romance, não sei. Manterei a indicação na lista de "olhar novamente no futuro".

    http://conchegodasletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Eu sou parceiro da Adriana e 8nclusive já terminei de ler esse livro, acho que a resenha sairá em breve. Eu achei muito bacana a escrita da Adriana mas um pouco cansativa as vezes. Mas o que mais me surpreendeu nesse livro foi o seu final. Esse me deixou pasmo como ela juntou os pontos e me deixou surpreso
    Bjks

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor.
    Li uma resenha que era apenas flores, mas a sua me leva de volta ao chão sobre esse livro... Ainda não o li, mas não perdi a vontade de fazê-lo. Só deixarei minhas expectativas um pouco mais baixas, porque o que você citou como fragilidades certamente me incomodariam também. Não gosto quando o envolvimento entre os personagens acontece assim, um tanto rápido. :/

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ola lindona essa capa é fofa demais, mas lendo sua resenha e percebi a imaturidade dos personagens já me deixou com pé atrás com o livro, ando correndo de protagonistas imaturos demais, vou deixar para ler em outro momento. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Nossaa...
    Quando vi todos anunciando que foram aceitos para fazerem resenha desse livro, fiquei interessada para saber do que o livro se tratava e só agora fui entender do que se tratava. Me parece ser algo monótono e chato, me parece mais como crianças namorando, sem atitude e visões maduras para uma relacionamento.
    E como assim um universo sobrenatural? haha! Não estávamos falando de uma romance? agora é uma fantasia? isso é o que aliás? Deu nó aqui!
    Fiquei curiosa só nessa parte, para entender um pouco disso aí!


    Karine || Ainda Me Livro

    ResponderExcluir
  11. Já vi vários blogs falando do livro, mas ainda não me interessei o suficiente. A capa me pareceu um pouco plagio da Jojo Moyes e isso me incomodou um pouco, asem falar que o nome é estranho...
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Poxa, é uma pena que a história não tenha te envolvido totalmente. Não sou muito fã de triângulos amorosos, mas gosto bastante da escrita da Adriana, e como estou curiosa para ler esse livro desde que vi a capa dele pela primeira vez (me lembrando os da Jojo Moyes), ainda quero conferir. Espero gostar ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu detesto com todas as minhas forças, livros ou filmes com triângulos amorosos. A impressão que tenho, é que de uns tempos pra cá, todo livro tem isso em algum momento, e eu acho mega cansativo. Lendo o que você escreveu, tenho a impressão de que os protagonistas são tratados de maneira superficial. Também não curto isso, não que eu sempre queira livros densos com personagens mega elaborados, mas se for muito superficial, aí não rola. Adorei o modo como conduziu sua resenha. Parabéns.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Nossa que balde de água fria ehn!
    Achei que o livro fosse ser aquela fofurinha, principalmente pela capa, mas pelo jeito ele é bem diferente, principalmente com esses protagonistas dando um passo maior que a perna e uma pegada sobrenatural, que mesmo lendo da pra perceber que não precisava estar ai.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Thayenne...
    Estranho, eu não senti nada sobrenatural na sinopse de Checho de Anita, acho que talvez ele tenha sido um pouco desnecessário ne? A capa me chamou a atenção, mas acheei que seria um livro da Jojo Moyes, parece com a capa de "A garota que você deixou pra trás", acho que é esse o nome...
    Bem, o enredo é interessante, mas quando você fala sobre a personalidade de ambos me senti um pouco traída, pq o que era pra ser um romance puro, virou algo forçado, também não gostei disso. Muito boa sua crítica sobre o livro, parabéns!
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oieee
    Eu amo a capa desse livro, ela tem um ar muito romântico!
    Detesto triângulos amorosos, já estou cansada disso nas histórias, mas esse livro me chama atenção pela coragem da Anita. Achei muito doido esse lance das cartas e queria saber mais sobre isso.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. E mais uma vez a pressa do autor acaba tirando a graça de um livro. Assim como você, esses passos maiores do que a perna devido à pressa simplesmente me irritam. Gostei da ideia das cartas, parece um início que dá espaço para ambos se conhecerem de forma gradativa, mas essa coisa de viver 48h como se fossem as última já não me atrai tanto.
    Já li outras resenhas desse livro e a sua foi a primeira que ofereceu algum tipo de crítica, não apenas elogios, e isso foi imensamente interessante.
    Conchego das Letras | Vamos conversar mais sobre livros?

    ResponderExcluir
  18. Aiiii, lendo o início da resenha eu me empolguei com a coisa linda de ela receber cartas que não eram para ela e aí isso começar e tal, mas depois fui me decepcionando com as coisas serem rápidas e ainda mais pelo fato de ter algo sobrenatural.... poxa, acho que perde um pouco o sentido e concordo que isso fica um pouco chato no livro. Mas eu quero ver como será, quando tiver oportunidade, quero ler.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  19. Acho que eu não tinha prestado atenção no fato de existir algo sobrenatural na história, achei isso super diferente no gênero.
    Eu adorei a premissa e preciso dizer que desde o ano passado o livro está na minha lista de desejado, acho que principalmente por causa da capa lembrar tanto os livros da Jojo.
    Fiquei só com receio sobre a rapidez e do fato do casal insistirem em ficar junto e passar a impressão ao leitor que isso é algo que eles fazem para irritar os pais.
    Mas ainda assim quero ler.;
    Amei a resenha e sua sinceridade

    ResponderExcluir
  20. Oioi...acho a capa desse livro linda. Me lembra as capas de alguns livros da Jojo Moyes. E estava com vontade de ler esse livro só por causa da capa, mas você disse que existe um triangulo amoroso. E sinceramente?! ODEIOOO quando um autor resolver fazer isso em uma história. Eu sempre fico na duvida de quem escolher. Mas...talvez eu de uma chance para o livro.
    Bjss

    livrosemarshmallows.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Thay,
    Tenho acompanhado algumas resenhas sobre essa obra da Adriana,
    mas apesar de achar a capa bonita e acreditar que a história deva
    ser bem fofinha, não me sinto muito curiosa sobre a leitura.
    Acredito que até a faria caso tivesse oportunidade, mas não me
    sinto motivada ou curiosa a isso não.
    Beijos
    Conversas de Alcova ?

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Já havia falado desse livro. A estória parece ser bem legal e a ideia dr Anita do projeto Literando também é bacana. Mas acho muito inconsequente e arriscado da parte dela de ir para um lugar desconhecido e sem a familia se arriscar... E isso me parece que acaba muito mal. Muito triste que uma personagem assim acabe sendo tão inconsequente e não pensando nos perigos. Apesar disso ainda tenho vontade ler.

    Beijos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  23. Eu não sabia que existia um nome proprio pra quem é viciada em ler, eu achei bem interessante o livro mesmo com alguns pontos negativos a qual vc cita, como eles foram rápidos demais isso realmente pode acabar atrapalhando o relacionamento deles, por ter começado atraves de cartas para ser um romance gostoso e leve de se ler.

    ResponderExcluir
  24. É interessante essa questão de amores virtuais que se tornam reais, pois nem sempre esses romances vingam após o casal se conhecer pessoalmente. A questão é que, de longe, fica mais fácil fantasiar a respeito da pessoa. Talvez por isso Anita tenha se interessado por um outro rapaz depois de conhecer Checho. Gostei muito da sua resenha, mas não consegui me interessar pelo livro. Fica para a próxima! ;)

    Tatiana

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem? Eu estou meio sei lá com esse livro, estou neutra, não amei, nem odiei esse livro... É como o zero, não é par nem ímpar, talvez eu dê uma chance para esse livro, mas não é certeza, se eu encontrá-lo na sebo perdido por lá a um preço muito bom, com certeza eu levo, agora se houver outros que eu goste mais... Em fim obrigada pela dica, beijoss.
    Sthe - Blog
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    A principio, fiquei bem curiosa com relação ao livro. Isso das trocas de cartas e dela ter se passado por outra garota e eles acabarem se apaixonando. Porém, fiquei com o pé atrás porque você diz que eles deram um passo maior que a perna e sim, eu imagino o que seja. Por isso, não sei se vou ler mais.
    Um beijo,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  27. Oi Thay, tudo bem?

    Eu já tinha lido outra resenha desse livro e gostei bastante, mas gostei de ver as ressalvas que você mencionou na sua e saber o que eu posso esperar. Realmente a parte da troca de cartas me chama bastante atenção, quanto a esse universo sobrenatural e único, que mesmo não funcionando tão bem para você, me deixou bem curiosa.

    Confesso que esse "apressamento" (essa palavra existe!?) me deixa com um pé atrás, detesto quando os sentimentos não são bem desenvolvidos e não consigo acreditar neles, principalmente porque você teve essa sensação de que eles decidiram ficar juntos só para contrariar os pais. E o triângulo amoroso também me incomoda.

    Mas de qualquer forma, ainda tenho curiosidade em conhecer a história e tirar minhas próprias conclusões. Bela resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  28. Nunca dei muita bola para o livro pois achei o titulo muito estranho - para não dizer péssimo... se bem que ao ler sua resenha e saber que é a forma como o personagem é conhecido deu para entender melhor a escolha.
    Estava achando a premissa interessante, mas saber que as coisas são apressadas depois me desanimou um pouco. Mesmo assim, super daria uma chance para conhecer a história da Anita :)
    Beijinhos,
    Lica
    http://www.amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
  29. Tenho lido muitas resenhas sobre esse livro ultimamente mas acho que até o momento somente você ressaltou esses pós e contras do relacionamento do casal. Agora já não tenho tanta certeza se essa leitura funcionará para mim, ainda mais sabendo que ainda haverá um triângulo amoroso durante a trama. Acho que no momento vou passar essa dica.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  30. Olá

    Eu já vi algumas pessoas com o livro,mas resenha é a primeira que leio, gostei da premissa, apesar de a história se um pouco corrida,como você falou da história deles que foi tudo muito rápido, eu leria mais pela parte sobrenatural que fiquei bastante curiosa.


    Bjss

    ResponderExcluir
  31. Oi Thay!

    A principio eu curti bastante a proposta da autora, mas ao prosseguir na sua resenha percebi que talvez a escrita da mesma não venha a me agradar muito, por isso acabei não me interessando pelo livro. Admiro muito as blogueiras que fazem resenhas sinceras de um livro apesar de não terem gostado e eu pude perceber isso na sua :)

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo