Curta e fique por dentro!

Resenha #62: O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks.



Título original: The Disreputable History of Frankie Landau-Banks
Autor (a): E. Lockhart
Editora: Seguinte
Páginas: 335
ISBN: 9788565765206

Sinopse: Aos catorze anos, Frankie Landau-Banks era uma garota comum, um pouco nerd, que frequentava a Alabaster, uma escola tradicional e altamente competitiva. Mas tudo muda durante as férias. Na volta às aulas para o segundo ano, o corpo de Frankie havia se desenvolvido, e ela havia adquirido muito mais atitude. Logo ela chama a atenção de Matthew Livingston, o cara mais popular do colégio, que se torna seu novo namorado e a apresenta ao seu círculo de amigos do último ano. Então Frankie descobre que Matthew faz parte de uma lendária sociedade secreta - a Leal Ordem dos Bassês -, que organiza traquinagens pela escola e não permite que garotas se juntem ao grupo. Mas Frankie não aceitará um "não" como resposta. Esperta, inteligente e calculista, ela dará um jeito de manipular a Leal Ordem e levantará questionamentos sobre gênero e poder, indivíduos e instituições. E ainda tentará descobrir se é possível se apaixonar sem perder a si mesma.

"É melhor ficar sozinha, ela pensa, do que ficar com alguém que não te enxerga como você é. É melhor liderar do que seguir. É melhor falar do que ficar em silêncio. É melhor abrir portas do que fechá-las na cara das pessoas."

Frances Rose Landau-Banks é uma adolescente de 15 anos, filha de pais divorciados e irmã mais nova da Zeda. Frankie, seu apelido desde a infância, é tratada por todos da família como a princesinha, todos a tratam como apenas isso e nada mais, mesmo quando ao fazer 15 anos, Frankie desenvolveu um corpo e uma beleza de dar inveja.
Seu pai a matriculou na escola privada de Alabaster, uma das mais caras do país, e não foi pelo ensino ser bom, não, mas, para que ela pudesse criar uma rede de conhecimento que pudesse ser útil no futuro.

Esse é o seu segundo ano na escola, mas diferente do anterior, ela não terá sua irmã para ajuda-la a socializar. Tudo o que fizer e os amigos que fizer serão por méritos próprios.
Quando descobre que na escola ainda existe a Leal Ordem dos Bassês, da qual seu pai participou quando tinha a sua idade, ela tenta a todo custo entrar para o grupo, porém tem um grande inconveniente: eles não aceitam garotas.
Contudo, a característica mais forte na Frankie não é a beleza, e sim a inteligência! E ela fará de tudo para participar.

A escrita da Emily é bem gostosinha, você começa a ler e acaba se perdendo no mundo criado por ela. Li o livro muito rápido, e não me dei conta.

A Frankie é muito determinada (quando quer) e me identifico nisso com ela. Quando coloca algo na cabeça vai até o fim. E isso, muitas vezes, acaba colocando-a em problemas. Porém, no contexto da estória é justamente isso que faz a estória ser tão divertida. E mesmo se tratando da Frankie mostrar seu valor ao mundo, também haverão conflitos que acontecem com toda garota. E o dela é ser "apaixonada" pelo Matthew Livingston e acaba se envolvendo com o Alfa, um personagem muito intrigante que nos é apresentado no início do livro.


Espero que gostem. Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo