Curta e fique por dentro!

Resenha #58: Trono de Vidro.



Título original: Throne of Glass
Autor (a): Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 388
ISBN: 9788501401380

Sinopse: Depois de cumprir um ano de trabalhos forçados nas minas de sal de Endovier por seus crimes, Celaena Sardothien, 18 anos, é arrastada diante do príncipe. Príncipe Dorian lhe oferece a liberdade sob uma condição: ela deve atuar como seu campeão em um concurso para encontrar o novo assassino real. Seus adversários são ladrões e assassinos, guerreiros de todo o império, cada um patrocinado por um membro do conselho do rei. Se ela vencer seus adversários em uma série de etapas eliminatórias servirá no reino durante três anos e em seguida terá sua liberdade concedida.
Celaena acha suas sessões de treinamento com o capitão da guarda Westfall desafiadoras e exaustivas. Mas ela está entediada com a vida da corte. As coisas ficam um pouco mais interessantes quando o príncipe começa a mostrar interesse por ela... Mas é o rude capitão Westfall que parece entendê-la melhor.
Então um dos outros concorrentes aparece morto rapidamente seguido por outros... Pode Celaena descobrir quem é o assassino antes que ela se torne a nova vítima? A medida que a investigação da jovem assassina se desenrola a busca por respostas a leva descobrir um destino maior do que ela jamais poderia ter imaginado.

"Todos carregamos cicatrizes, Dorian. As minhas são apenas mais visíveis que as da maioria." 

Celaena Sardothien é órfã e foi encontrada, aos 8 anos, na beira de um rio pelo famoso assassino Arobynn Hamell. Este último a criou e a ensinou tudo o que ti ha que saber para se tornar uma assassina.
E não só se tornou uma assassina como a melhor, mais famosa e jovem - mesmo que alguns não soubessem sua idade - de toda a Adarlan. 
Mas, Celaena foi traída e o rei de Adarlan a enviou para as Minas de Sal de Endovier, onde viveu por um ano. Achando que não sobreviveria, tentou uma fuga, mas acabou sendo presa e reforçaram o número de guardas vigiando-a.

O príncipe Dorian Havilliard precisando de uma campeã, para um torneio criado por seu pai, a solicita para o evento. Levando-a para o Forte da Fenda onde será treinada e terá provas a cumprir. O príncipe será seu tutor (ou patrocinador), mas, aquele quem se encarregará de ser seu guardar e mentor durante as provas, será Chaol Westfall, capitão da guarda real, que terá responsabilidade também em não deixá-la fugir.

"Os olhos castanhos dele se encontraram com os dela. De repente, era como se Celaena estivesse de volta no duelo, jogada no chão, Cain rindo a suas costas. E no entanto, tudo o que ouvia e via era Chaol, ajoelhando-se para ajudá-la. A garganta de Celaena secou. Compreendera algo naquele momento."

O que era para ser uma coisa simples começa a mostrar suas difíceis complicações. A Celaena guardar muita raiva do Rei, porém terá que escondê-la muito bem se quiser vencer e enfim conquistar sua liberdade. Contudo, ela acaba se envolvendo emocionalmente com o príncipe e o guarda, mas também com a princesa de Eyllwe - que tem fama de ser simpatizante dos rebeldes.

Uma estória repleta de ação e muuuuuuuitas aventuras, mas de muitas lições. E uma personagem feminina muito forte e inteligente, que me encantou profundamente.


Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Um comentário:

  1. Oiii Thayenne

    Trono de Vidro está na minha lista de livros pendentes faz muito tempo, desde que lançou o segundo creio. Mas sabe o que me desanimou de começar? Foi saber que a autora vai lançar um por ano de uma série de 5 livros! Decidi esperar lançarem pelo menos ate o 4 e aí sim quero começar, porque se eu AMAR de paixão pelo menos tenho a possiblidade de ter lido logo uns 4 de uma vez...rsrs, porém confesso que à cada resenha entusiasmada que eu leio sobre esse livro me dá uma coceirinha para ler ele logo

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo