Curta e fique por dentro!

Resenha #53: Eu Estive Aqui.



Título original: I Was Here
Autor (a): Gayle Forman
Editora: Arqueiro
Páginas: 225
ISBN: 9788580414233

Sinopse: Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.
Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

"É assim que funciona com as mentiras? A primeira é difícil, a segunda mais fácil, até que saem da sua boca com mais facilidade do que as verdades - talvez porque sejam mais fáceis do que elas."

Após o suicido de sua melhor amiga, a família de Meg pede a Cody que vá até o dormitório na faculdade em que Meg estudava, para organizar suas coisas e trazê-las para casa. Uma tarefa muito difícil para Cody, que tem que conviver todos os dias com a culpa esmagadora.

Cody acha que se tivesse mais envolvida com a vida da amiga isso não teria acontecido, que ela teria pedido sua ajuda. Nos últimos tempos elas andam meio distantes, Meg por ter ido para uma universidade particular e Cody por ter permanecido na cidade e trabalhado com faxinas para poder se sustentar.

Assim que li a sinopse, antes mesmo de lançar, já coloquei o livro na minha wishlist. Eu achava que só giraria em torno da vida de Meg, mas acabou que o livro é sobre a Cody. A Cody que tem uma mãe que a trata como adulta desde sempre, essa mesma mãe que é super distante e nem um pouco amorosa. Cody que desde sempre se sentiu excluída, e que achava que se não fosse pela Meg não teria amiga nenhuma. Que se afastou da Meg, porque ela acabou aceitando a bolsa da faculdade ao invés de seguir com o plano de juntas entrarem numa faculdade e dividirem o dormitório.

A Gayle conduziu muito bem a estória, sabendo dosar os dramas vividos pelos personagens. E, principalmente, abrindo os olhos dos leitores para os possíveis sintomas de uma depressão, ou até mesmo uma tentativa de suicídio. Que devemos sempre dar apoio e não julgá-las. Afinal, cada um lida com a dor de formas diferentes. 

Curti a escrita da autora, achei que ela soube transmitir os sentimentos para quem está lendo, mas ela pecou por não dar um motivo especifico para o suicídio de Meg. Pois a falta deste motivo, acabou por deixar a morte dela muito egoísta, para não dizer sem sentido. Entendo que a Meg tinha depressão. Acredite, entendo muito disso! Mas isso não justifica um suicídio tão bem elaborado. Mesmo assim dei 5 estrelas, porque amei a Cody, me identifiquei com ela, e por achá-la 100% sincera sobre si mesma e sobre o que a cercava, mesmo que ela não gostasse de admitir certas coisas.

E outra para quem curte suspense, vale a pena dar uma chance ao livro, porque nas cenas de suspense é quase impossível largar o livro.


Então, é isso, espero que gostem. Beijos e até o próximo.

Um comentário:

  1. Oi :D
    Toda vez que leio suas resenhas fico caçando notas pros livros hahaha
    Adorei a resenha.
    Eu ainda não sei se tenho vontade de ler outro livro da Gayle, apesar de notar que tem uma narrativa diferente, Se eu ficar me decepcionou :(

    bj
    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo