Curta e fique por dentro!

Resenha #51: Coração Ardente.



Título original: The Fiery Heart
Autor (a): Richelle Mead
Editora: Seguinte
Páginas: 412
ISBN: 9788565765442

Sinopse: No quarto volume da série Bloodlines, enquanto Sydney Sage esconde seu romance ardente com o vampiro Adrian Ivashkov, a ameaça de ser descoberta e mandada para a terrível reeducação é maior do que nunca.
Criada desde criança para desprezar os vampiros, a alquimista Sydney Sage acabou vencendo seus preconceitos em sua última missão. Aos poucos, a garota não só criou laços de amizade com esses seres como acabou se apaixonando por um deles o irresistível Adrian Ivashkov e, surpreendendo até a si mesma, decidiu levar o relacionamento proibido adiante, em segredo. Tudo se complica quando Zoe, sua irmã, se junta à missão. Sydney precisa guardar seu segredo enquanto tenta fazer com que a caçula perceba como as crenças alquimistas estão equivocadas.
Enquanto isso, Adrian sofre com os fortes efeitos do espírito um elemento mágico que, ao mesmo tempo em que lhe confere poderes, pode levá-lo à loucura. Sydney é seu maior incentivo para abrir mão desses poderes e buscar uma saúde mental equilibrada, mas Adrian nem consegue imaginar como seria vê-la machucada e não poder fazer nada. Agora, ele precisa escolher entre sua sanidade e a capacidade de ajudar a todos especialmente aqueles que ama. 

"Havia apenas ela e o gosto de seus lábios, a forma maravilhosa como conseguiam ser macios e ardentes ao mesmo tempo. O resto do mundo achava que ela era fria e rígida. Só eu conhecia a intensidade e o desejo escondidos dentro dela." 

Sidney tem que se desdobrar para ajudar os amigos, a praticar magia, a namorar escondido com o Adrian e além de tudo isso, tem que passar a imagem de uma perfeita alquimista, para não levantar suspeitas na sua irmã, Zoe, que foi mandada como apoio a escola de Amberwood.

Depois de descobrir vários segredos dos alquimistas, Sidney fica mais do que disposta a lutar por seu direito de escolha. Mesmo sabendo que isso pode e irá lhe trazer problemas. Seu desejo por "libertação" se intensifica mais após ela ver o que a reeducação fez com o Keith, um personagem que conhecemos lá no primeiro livro. Ela não o reconhece mais, e não quer que o mesmo aconteça com ela ou com outros.

Começou bem paradinho a estória, mas lá pra metade do livro a estória começou a engrenar. E é fantástico acompanhar o crescimento dos personagens, tem alguns que ainda não mudaram, mas que acredito numa melhora futura. Em suma, gostei da estória e super indico. E se a estória não agradar a quem está lendo, prometo, que o final lhe fará gostar do livro e ficar curioso sobre a continuação. E, ah, é a partir deste livro que os pontos de vistas do Adrian e da Sidney se alternam.

"Em um mundo de segredos e mentiras, havia poucas pessoas em quem eu podia confiar plenamente - e, naquele momento, soube, sem sombra de dúvida, que Eddie era uma delas."


Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo