Curta e fique por dentro!

Resenha #40: O Feitiço Azul.



Título original: The Indigo Spell
Autor (a): Richelle Mead
Editora: Seguinte
Páginas: 399
ISBN: 9788565765367

Sinopse: A atual missão da alquimista Sydney Sage fez com que ela revisse seus conceitos não só sobre os vampiros, mas também sobre a própria organização à qual pertence, responsável por esconder a existência dessas criaturas do resto da humanidade. Sydney acabou descobrindo um grupo dissidente que tinha muito em comum com os alquimistas, mas objetivos bem mais radicais. Certa de que seus superiores estão guardando segredos sobre essa facção paralela, ela contará com a ajuda do misterioso ex-alquimista Marcus Finch para tentar desvendá-los. Mas isso só será possível se ela conseguir escapar de uma ameaça ainda mais urgente; uma feiticeira cruel que suga a alma de jovens usuárias de magia. Enquanto isso, a garota luta contra os sentimentos cada vez mais fortes pelo rebelde vampiro Adrian Ivashkov. Há tabus e preconceitos milenares arraigados entre as duas raças, que representam um obstáculo enorme para esse relacionamento. Mas Adrian é persistente e é o único em quem ela confia para enfrentar as ameaças que se aproximam. Será que Sydney conseguirá se libertar do seu modo de vida e se render a esse romance?

"Eu tinha dado minha vida aos alquimistas, sempre acreditando que o que eles faziam e me falavam era certo. Achava que era importante, que eles sempre cuidariam de mim. Agora, não tinha mais tanta certeza."

Depois de uma declaração super sincera e apaixonada, a Sidney tem tentado se manter afastada do Adrian, mesmo com tudo ao redor juntado-os. Ela está em dúvida sobre o que senti por ele, não se decidindo se isto é correto ou não. Graças a isso sua relação com a Jill está péssima, pois o laço tende a se intensificar de acordo com o que o Adrian sente.

No livro anterior Sidney descobriu que é possível, sim! Se torna uma ex-alquimista, para isso ela irá precisar da ajuda do Marcus Finch, e ele lhe revela que os alquimistas escondem muito mais do que apenas históricos. 
Como sua superior anda escondendo coisas importantes dela, Sidney decidi ajudar o Marcus tendo em troca sua tatuagem liberta dos poderes que fazem com que ela seja totalmente fiel aos alquimistas.
E com tudo isso acontecendo, Sidney terá que lidar também com uma bruxa que anda roubando a vitalidade de bruxas com potenciais.

Definitivamente, este foi o livro mais cheio de ação da série. Tinha momentos que eu parava a leitura para "respirar". Uma coisa que gostei era, ambas as situações aconteciam ao mesmo tempo, porém seus desfechos foram em momentos diferentes, o que fez com que a estória ficasse mais crível.
A Sidney cresceu muito na série, e se tornou uma personagem muito forte, mesmo quando os problemas não eram com ela ou sobre ela, Sidney aparecia para ajudar, o que basicamente a tornava a base de um grupo mega diferente. Gostei do livro, gostei que o relacionamento dela com o Adrian cresceu e foi mais abordado neste livro.



Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo