Curta e fique por dentro!

Resenha #35: Um Desejo Selvagem.



Título original: A Hunger So Wild
Autor (a): Sylvia Day
Editora: Paralela
Páginas: 277
ISBN: 9788565530453

Sinopse: Um desejo selvagem é o segundo livro da série Renegade Angels, de Sylvia Day. Enquanto os leitores esperam o fim da série Crossfire, eles vão adorar se envolver com a paixão selvagem de Vash e Elijah. Neste segundo livro da série, Vash, a segunda vampira mais importante do mundo, e Elijah, líder dos licanos, assumem o papel central. Além de serem representantes de duas espécies que sempre se perseguiram, Elijah e Vash se odeiam, mas são obrigados a se aproximar em busca de parceria numa guerra contra os anjos. O único problema é que o ódio entre eles vai se transformando em uma paixão incontrolável. Vash, uma mulher dura e determinada, perde a concentração nas lutas, passa a ter ciúmes e a não controlar mais seus sentimentos, enquanto Elijah parece decidido a conquistá-la, usando os mais tentadores artifícios.

"A partir do momento em que ela decidiu assumir sua relação com ele, tudo mudou. Ela passou a ter algo a perder, alguém cuja ausência não suportaria. O que estava crescendo entre eles era recente demais, raro demais e precioso demais, com infinitas possibilidades."

No segundo livro da série Renegade Angels, Vash é obrigada a se aliar ao Alfa da matilha dos licanos, que anteriormente trabalhavam para os sentinelas - inimigos dos caídos -, mas os licanos se rebelaram. E Syre o "chefe" dos caídos ordenou que seu braço direito, no caso Vash, tentasse uma aliança com os licanos.

Vash perdeu seu companheiro há 200 anos atrás e desde então nunca mais se envolveu com alguém. É uma surpresa quando ela se vê frente a frente com o Elijah, sagrando e nu, e na hora sentir algo por ele, o único homem além do Char, a provocar uma reação verdadeira em seu corpo e nos seus sentimentos.

"Você para mim é muito mais preciosa e desejável hoje do que naquela época." Ele encostou a testa de leve na dela. "Porque agora você é minha. Por inteiro, sem reservas. E eu sou seu, com todos os defeitos que tanto irritam você."

Elijah nunca se envolveu romanticamente com ninguém, ele nunca foi de tomar decisões importantes em sua vida. Sabendo há tempos que era um Alfa, nunca tomou uma iniciativa em relação a isso, até que foi praticamente obrigado por seu melhor amigo, a ser o líder da rebelião dos licanos, sem ter como recusar um pedido feito num leito de morte, ele aceita.
Assim que eles se veem cria-se uma conexão. Mas como pode haver algo entre espécies diferentes, que além disso são dominantes por natureza?

"Porque, quando Vashti estava irritada, ele sabia lidar com ela. A vampira atormentada e frágil que ele havia acabado de descobrir o deixava abalado demais. Ela era poderosa e destemida. Ver uma mulher tão admirável se comportar como uma criaturinha assustada o incomodava profundamente, fazia com que sentisse uma vontade tremenda de destruir alguma coisa - ou alguém."

A Sylvia me impressionou bastante com esta série, ela é bem construída, com personagens marcantes, além de ter uma narrativa cativante fazendo com que se queira ler mais, mais e mais até acabar o livro.



Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo