Curta e fique por dentro!

Resenha #30: Real.



Título original: Real
Autor (a): Katy Evans
Editora: Novo Século
Páginas: 299
ISBN: 9788542801774

SinopseRemington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real. Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar. O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.

"Eu te desafio a olhar pra ele e me dizer que não faria qualquer coisa por aquele homem."

Brooke Dumas foi praticamente obrigada a ir a luta clandestina com sua melhor amiga, Mel. Mel é fã do lutador Remington Tate e gosta de vê-lo lutar. Brooke é totalmente contra a violência e se sente desconfortável naquele lugar, até que o Remy entra no ringue. Ela fica encantada com a masculina dele, e não consegui definir o que a atrai tanto. Ela que nunca gostou de lutas fica excitada vendo-o lutar e não sabe lidar com isso.

O ponto alto da cena é quando a Brooke sai para ir ao banheiro e o Remy nocauteia seu oponente achando que ela estava indo embora <3.

"e não consigo acreditar como a voz dele me afeta, como o seu toque me afeta, seu cheiro, como outro ser humano pode ter esse poder sobre mim. Não posso permitir."

Ele a convida para ir até a sua suíte, e apesar de ficar indecisa acaba aceitando. Crendo que teria sexo arrebatador de uma noite só, mas ao invés disso acaba recebendo uma proposta de emprego.

Brooke era uma atleta até que uma lesão no joelho a tirou do mundo das competições. Depois de se recuperar, não o suficiente para voltar a correr profissionalmente, ela começou a estagiar num centro de reabilitação para atletas com lesões, tirando isso ela não tem emprego e aceita a proposta.

O difícil agora é ela aprender a ocultar toda a tensão sexual que os cerca e ainda assim se manter profissional.

"Agora o pior dia de toda a minha vida é este. Quando vi o homem que eu amo quebrar seu próprio corpo até a inconsciência, e cada milímetro de cada quadrante do meu coração está partido."

Para mim o melhor personagem foi o Remy, além de ser bad boy por natureza, ele tem um transtorno, o que explica sua natureza tão intensa e volátil. Ele passou anos sendo tratado como lixo, e usa disso atualmente para dar razão as suas atitudes impulsivas, mas o que outras pessoas desconhecem é, esse é seu modo de se proteger, de não colocar suas expectativas e acabar (ainda mais) machucado.

Indico o livro para quem assim como eu, tem um fraco por personagens masculinos problemáticos, misteriosos, agressivos ou com tudo isso junto hahaha.


Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo