Curta e fique por dentro!

Resenha #21: Quatro.



Título original: Four
Autor (a): Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 269
ISBN: 9788579802218

Sinopse: Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro  Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. 


"Ele não sabia que superar a dor é um dos meia hábitos mais antigos, que aprendi bem cedo, como roer a unha do dedão ou segurar o garfo com a mão esquerda em vez de fazê-lo com a direita."

Sendo totalmente sincera gostei mais do ponto de vista do Quatro que o da Tris. Ela continua sendo minha personagem favorita na série, mas confesso que após esse livro, o páreo ficou acirrado.

O Tobias é mais centrado, e nas poucas vezes em que fica nervoso, sempre procura manter a calma e não agir impulsivamente.

Os contos foram bastante esclarecedores, pois durante o primeiro livro os leitores só conheciam aquilo que o Quatro permitia que a Tris conhecesse.

O livro é divido em contos, sendo que há três cenas exclusivas.

"Minha pele está em branco, curada, inteira. Mas ela não combina com a pessoa que sou. Eu deveria ter cicatrizes, ser marcado como eles são, mas marcado com memórias de dor, com cicatrizes das coisas às quais sobrevivi."

Os fãs do Quatro não podem deixar de ler, o Tobias é uma pessoa muito singular, ele sempre pensa à frente, se preocupa muito com o futuro e não se encaixa em nenhuma facção, e isso não acontece por ele ser divergente, quem já leu Convergente vai entender o que estou falando. Eu aconselho ler o livro depois de Divergente, porque senão você acaba lendo spoiler. 




Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo