Curta e fique por dentro!

Resenha #20: Primeiro Amor.

Título original: First Love
Autor (a): James Patterson e Emily Raymond
Editora: Novo Conceito
Páginas: 239
ISBN: 9788581634883


Sinopse: Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.

Axi Moore (ou Alexandra Jane Moore) é uma menina muito estudiosa e está sempre falando ou citando livros. Seu melhor amigo, Robinson, a chama de MC - menina careta - por isso e por ela sempre lhe dar livros de presente, mesmo sabendo que ele nunca os lê. E o mesmo acontece com as música que ele dá para Axi, ela nunca as ouve.

"Amar Robinson tornou tudo mais iluminado e mais bonito. E, se a vida desbotou um pouco desde que ele partiu, ela ainda é mais vivida do que costumava ser. Agora o sol ofusca. A rosa vermelha  joga seu perfume no ar. E a brisa me acalenta, quando deixo. Na maioria dos dias eu penso nele e sorrio, mesmo se preciso chorar desesperadamente primeiro. Ele nunca deixou de acreditar que teve sorte. [...] Ele foi minha luz, meu coração, meu lindo patife. E eu fui - sou - sua MC."

Axi foi abandonada pela mãe logo após sua irmã mais nova morrer de câncer, e como consequência sei se tornou um alcoólatra. Mas o que o leitor não fica sabendo nos primeiros capítulos é, logo após a morte de Carole Ann, irmã da Axi. Ela também é diagnosticada com câncer, só que diferente de sua irmã, ela tem 50% de chance de viver longamente. Inclusive do na ala de oncologia que ela conheceu o Robinson.

Disposta a ter uma grande aventura e fugir das lembranças tristes, ela armar um plano de viajar, escondida do pai, por todos os lugares que quer conhecer. Levando consigo seu patife favorito, Robinson.

Eles vivem momentos de muitas aventuras, como furtarem carros, algemarem um policial, acampar, dormirem em albergues e hotéis. No meio de tudo isso a Axi tenta encontrar coragem para falar o que sente ao Robinson, mas tem medo de estragar o relacionamento, caso ele não sinta o mesmo.

Mas, algo os interrompem de continuar a viagem, e depois de uma estadia no hospital, eles se encaminham ao destino final. E é lá que a Axi vai descobrir coisas que o Robinson nunca contou.

Como eu disse lá no Instagram do blog (@oculoselivros), esperava uma história divertida e alegre, porque é essa a mensagem que tanto a capa quanto a sinopse nos passam. Só que no decorrer da leitura eu percebi que no começo realmente é tudo o que indica ser. Mas, as coisas vão acontecendo, e você se pega torcendo pelos persongens, mesmo sabendo que vai ter um fim. Não irei dizer o que é este fim, vocês precisam ler para entender hahaha. Enfim, a escrita dos autores são incríveis, não tem como identificar qual a parte do James, qual a parte da Emily, a escrita simplesmente se encaixou. Indico muito esse livro! Vale super a pena. Favoritei lá no meu skoob.

P.s: não leiam a última página do livro, tem um SPOILER ENORME! 



Então, é isso! Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo