Curta e fique por dentro!

Resenha #9: Métrica.



Título original: Slammed
Autor (a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 299
ISBN: 9788501401861
Nota: ⭐️⭐️⭐️⭐️

Sinopse: Pura poesia. Ou um baque no coração. Se apaixonar pode ser cada uma dessas coisas... Quem sabe, ainda, sua doce e dolorosa mistura. Pelo menos é o que Layken está prestes a descobrir. Se ousar, simplesmente, viver. Se escolher enfrentar o que o destino lhe reservou. Mas o destino é inexorável... E talvez a cota de dor seja mais do que ela possa suportar. Afinal, como é possível continuar seguindo quando seu coração está congelado?


O pai da Layken morreu há seis meses atrás vítima de um ataque cardíaco. E atribuído a isso ela teve que se mudar por conta do trabalho da sua mãe, que necessitava de ganhar mais para que pudesse suprir as dívidas adquirida ao longo do tempo, logo depois descobrimos que isso não passava de uma desculpa para acobertar um segredo que a mãe da Layken, a Júlia, guardava.

No dia em que se muda ela conhece Will Cooper – o vizinho gato – que tem um irmão de 9 anos, Caulder, a mesma idade que o irmãozinho da Layken, o Kel. Will é o chefe da família, porém a Lake não sabe, ainda, o porquê. Há uma conexão instantânea entre os dois. E eles começam a se conhecer lentamente e se envolverem. A Lake já está apaixonada pelo Will quando descobre que ele, na verdade, é o seu professor de Poesia. Ambos desconheciam esse fator. Ela ser aluna e ele professor, o Will achava que pela Lake ter 18 anos ela já estaria na faculdade, já a Lake não sabia que ele era professor, e ainda por cima da sua escola.

"Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. E acontece muito. Com muita gente."

Por conta, de suas responsabilidades Will decidi se afastar de Lake. O que parece ser impossível já que eles são aluna/professor e ainda por cima vizinhos, mas não é só isso que torna o distanciamento possível. A Layken acaba descobrindo o segredo de sua mãe, e isso a leva imediatamente a porta de seu vizinho. E por encontrar a Lake na casa do Sr. Cooper que a Edie (melhor amiga da Lake) deduz que eles estão juntos e acaba tirando conclusões precipitadas, e por isso Layken é forçada a contar a verdade a ela.

O Javier, um colega de turma acaba interpretando mal os "sinais" que a Layken dava. Sinais esses que nunca existiram. E acaba beijando-a e o Will presencia tudo e acaba partindo pra cima do Javier, isso faz com que ele seja afastado da escola e transferido para outra. Mesmo com tudo isso, ainda há muitas "recaídas" e o Will continua dizendo que não passou de um erro. A Layken se cansa disso, e acaba evitando ele.

[SPOILER]
Quando finalmente a Lake se sente disposta e pronta para conversar com a mãe à respeito de sua doença, Júlia aconselha-a fazer as pazes com o Will. Diz que estão perdendo tempo, e ela acredita que a Lake está se limitando, por conta da doença. E graças a esse incentivo eles se acertam. E o final é tão doce, tão simples, tão necessário para ambos, é algo magnífico de se ler.


Pontos negativos: 1) a morte da Júlia (mãe da Lake) foi muito rápida, não deu para a gente sentir aquele luto que faria as coisas serem mais delicadas e reais. 2) criei muitas expectativas para com este livro e não me decepcionei, porém também não foi o que eu esperava. 3) o final foi muito vago em relação aos outros personagens, como por exemplo a Eddie, o Gavin e o Nick. Espero que nos próximos livros a autora explique o que aconteceram com eles.


Beijos e até o próximo post.

Um comentário:

  1. Amo tanto esse livro que nem sei hahahaha. Aliás, essa autora é uma das minhas preferidas atualmente. Não teve nenhum livro dela até agora que eu li e não gostei! É impressionante... mas, Métrica é meu xodozinho porque foi o primeiro dela que eu li <3

    Beijos,
    Ana.

    http://nasuaestanteblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Entre óculos e Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayanne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo